Inteligência artificial busca reduzir acidentes rodoviários

Está sendo testada nas estradas do Reino Unido uma van com tecnologia que detecta automaticamente motoristas utilizando celular enquanto dirigem ou que não estão usando cinto de segurança.

Vivaldo José Breternitz (*)

Dependendo de outros fatores, como por exemplo a velocidade do veículo, os motoristas infratores serão levados à justiça; casos menos graves serão advertidos, com recomendações para que passem a obedecer às regras.

A van que está sendo testada fica estacionada à beira da rodovia; é equipada com várias câmeras que gravam imagens dos motoristas que passam por ela; essas imagens são processadas por uma inteligência artificial que detecta quais são os infratores.

As autoridades britânicas informam que os testes fazem parte de sua estratégia de longo prazo que pretende reduzir a zero, até 2040, o número de pessoas mortas ou gravemente feridas na malha rodoviária do país.
O uso de celulares ao volante e a falta de segurança são grandes responsáveis pelos acidentes graves nas estradas britânicas; 23% dos mortos em colisões rodoviárias não estavam usando cinto de segurança. Pesquisas mostraram que 79% dos motoristas britânicos apoiam a introdução dessa nova tecnologia, que esperamos chegue ao Brasil em breve.

(*) É Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, é professor, consultor e diretor do Fórum Brasileiro de Internet das Coisas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap