127 views 4 mins

Gestão em Projetos de PDI: A linha tênue entre o sucesso e o fracasso

em Tecnologia
quinta-feira, 09 de maio de 2024

Hoje, a inovação e o avanço tecnológico representam pilares fundamentais para a competitividade e o progresso econômico global. Nesse cenário, empresas e instituições investem cada vez mais em soluções inovadoras e produtos de vanguarda, impulsionando notáveis transformações em diversos setores.

Especificamente no Brasil, o setor de energia elétrica destaca-se pela alocação significativa de recursos em projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI). Estes projetos são cruciais para a modernização do setor e para o aumento da confiabilidade percebida pelos consumidores e pelo mercado como um todo, contribuindo assim para o fortalecimento desse setor vital.

A gestão desses projetos de PDI no setor elétrico, portanto, torna-se uma linha tênue entre o sucesso e o fracasso. Em um ambiente onde a inovação é indispensável, uma gestão eficaz não só assegura a otimização na alocação de recursos, mas também facilita a integração de novas tecnologias e a rápida adaptação às dinâmicas do mercado e às mudanças regulatórias.

Importante ressaltar que as empresas de energia elétrica no Brasil são obrigadas por regulamento a destinar uma parte de sua Receita Operacional Líquida (ROL) para investimentos em PDI. Esta exigência é regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que estipula metas e diretrizes para a execução desses projetos.

Consequentemente, o gerenciamento adequado destes projetos é essencial. Desvios das normas regulatórias podem afetar não só o sucesso do projeto, mas também a reputação corporativa, tanto no âmbito regulatório quanto no mercado.

A gestão eficiente desses projetos compreende várias fases, incluindo planejamento, execução, avaliação e encerramento. O planejamento é estratégico, definindo claramente os objetivos do projeto, os recursos necessários, e desenvolvendo um cronograma detalhado e um plano de ação, conforme resolução normativa ANEEL no 1.074.

Durante a etapa de execução, as atividades planejadas são implementadas conforme o cronograma estabelecido; isso inclui a condução de experimentos, coleta de dados, desenvolvimento de protótipos e outras iniciativas específicas do projeto.

No estágio final, após todas as atividades terem sido executadas, é o momento da avaliação e encerramento. É importante realizar uma análise abrangente dos resultados alcançados em relação aos objetivos estabelecidos, além de garantir um encerramento adequado, incluindo a elaboração dos relatórios exigidos, a realização da auditoria do projeto e a comunicação dos resultados à agência reguladora.

Diante disso, fica evidente que a gestão eficaz é essencial para fomentar a inovação, promover avanços tecnológicos e assegurar a aderência às normas estabelecidas pela ANEEL. O sucesso de um projeto de PDI transcende o investimento financeiro, exigindo um gerenciamento meticuloso que maximize a eficácia dos recursos e a implementação de inovações. 

(Fonte: Isabela Reina de Almeida, consultora; e Bradlei Moretti, CEO da Berkan Consultoria e Auditoria).