154 views 2 mins

Amazon investe em energia renovável

em Tecnologia
segunda-feira, 25 de abril de 2022

A Amazon acaba de anunciar investimentos em 37 projetos de energia renovável ao redor do mundo.

Vivaldo José Breternitz (*)

A empresa diz que isso aumentará sua capacidade de gerar energia renovável em quase 30%, passando de 12,2 gigawatts para 15,7 GW; a título de comparação, o Brasil encerrou 2021 com uma capacidade instalada de 32 GW.

A Amazon afirma que os novos investimentos permitirão que a empresa passe a utilizar apenas energia renovável em seus escritórios, armazéns e centros de distribuição até 2025, cinco anos antes da data originalmente prevista.

Os novos investimentos serão feitos nos Estados Unidos, Espanha, França, Austrália, Canadá, Índia, Japão e Emirados Árabes Unidos. Eles incluem parques eólicos e solares, sendo que um desses, localizado no Texas e com capacidade de 500 megawatts, será o maior projeto de energia renovável da Amazon em termos de capacidade.

A Amazon já investiu em 310 projetos, em 19 países, que quando estiverem em plena operação, gerarão energia suficiente para abastecer 3,9 milhões de residências, evitando a emissão de 17,3 milhões de toneladas métricas de poluentes a cada ano – o equivalente a tirar de circulação mais de 3,7 milhões de carros com motores convencionais.

Em 2019, a Amazon foi uma das fundadoras do The Climate Pledge, um grupo de empresas que pretende zerar suas emissões líquidas de carbono até 2040, 10 anos antes dos prazos fixados pelo Acordo de Paris. Entre os mais de 300 membros do grupo, estão grandes empresas da área de tecnologia da informação, como IBM, Microsoft e SAP.

A Amazon disse que investirá US$ 2 bilhões em esforços de descarbonização, incluindo a aquisição de 100 mil veículos elétricos para entregas, já encomendados à Rivian.

(*) Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, é professor, consultor e diretor do Fórum Brasileiro de IoT