Paixão e significado do trabalho

Mais do que simples respostas, algumas perguntas nos proporcionam importantes reflexões

No livro “Paixão e significado da marca”, por exemplo, o autor Arthur Bender, questiona:

– Você tem paixão pelo que faz?

A palavra “paixão” tem muitos significados. Alguns dicionários da língua portuguesa a apresentam como “um sentimento ou emoção levados a um alto grau de intensidade” ou “entusiasmo vivo”. É neste sentido que proponho uma reflexão sobre a pergunta de Bender.

A paixão incentiva-nos a acordar entusiasmados para trabalhar, a relacionarmo-nos com as dificuldades entendendo-as como desafios de aprendizagem, a atender bem nossos clientes e entregar o que contrataram com um componente a mais: o encantamento.

Esse sentimento de paixão começa a ser construído quando descubro que meu trabalho profissional contribui para minha evolução intelectual e moral. Ele cresce quando encaro meus afazeres como um aprendizado responsável. Por fim, chega ao seu ponto máximo quando, além do valor monetário, percebo o valor das pessoas que fazem parte do processo de trabalho. Enfim, como observa o filósofo Mário Sérgio Cortella: “trabalho é fonte de vida, emprego é fonte de renda”. Em outras palavras, trabalho é paixão.

higino pizze rodrigues
  • Save
Higino Pizze Rodrigues
É Coach formado pelo Instituto de Coaching Integrativo e Consultor de Empresas.

Sabemos que em uma empresa realizamos funções que fazem parte de um todo. Nesse processo, é importante perceber que o trabalho individual de cada um influencia a qualidade final de um serviço ou produto. Logo, quanto maior a qualidade final desse produto ou serviço, mais o cliente fica satisfeito. Por isso, incluir a paixão nesse ambiente corporativo é fundamental. É por meio da paixão que um colaborador pode enxergar todo o processo, acreditar na missão e nas propostas da organização em que atua e produzir resultados diferenciados.

É necessário atentar ainda para o fato de que, hoje em dia, os produtos e serviços oferecidos pelas empresas estão muito parecidos. Existe um mundo de opções com qualidade semelhante. Nesse cenário, a emoção passa a ser um valor importante na decisão de compra. O significado que a marca proporciona ao consumidor é construído com os valores tangíveis e intangíveis. Assim, a técnica somada à paixão pelo que se faz constrói um produto melhor e verdadeiro.

As organizações que entendem que o trabalho também é fonte de vida para os seus colaboradores oferecem um ambiente apropriado para os ajudar a encontrar o significado de seu trabalho. Assim, a empresa e os colaboradores constroem a paixão em conjunto. Como consequência, essas empresas obtém não apenas trabalhadores, mas seguidores de sua marca. O profissional sente uma sensação de pertencimento a um projeto no qual acredita e assim entrega o seu melhor.

Em tempos de profundas reflexões em nossa sociedade, as empresas perceberam que a contratação e manutenção de talentos passam por uma necessidade de um ambiente saudável e verdadeiro, no qual o trabalho seja fonte de renda, mas também fonte de vida.

E você, tem paixão pelo que faz?

banner academia empresario
  • Save

Hoje temos a estreia de nosso novo colaborador Higino, Coach formado pelo Instituto de Coaching Integrativo, que já chega com a corda toda escrevendo sobre paixão e como ela pode reencantar pessoas e empresas. Aguardamos sua colaboração no e-mail: [email protected]

Rebeca Toyama

 

banner js
  • Save

Colabore com nossa coluna: [email protected]

Para anunciar nesta coluna ligue (11) 3106-4171 e fale com Lilian Mancuso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap