Onboarding ganha novo significado para as empresas

O trabalho remoto mudou não somente a relação que já era estabelecida entre os colegas de trabalho que se conheciam, mas também trouxe um senso de urgência para as empresas repensarem a forma de integrar quem acaba de chegar ao time.

A busca por ferramentas e parcerias que auxiliem as lideranças virou uma verdadeira corrida entre as companhias.

Elas passaram a ver o onboarding não só como um processo de integração, mas também uma chave para trazer uma experiência positiva ao novo colaborador, em especial em segmentos que concorrem pelos melhores talentos, como por exemplo os de tecnologia. O objetivo é contar com práticas como gamificação para que o onboarding seja assertivo, humanizado e até tenha impactos na imagem da empresa como marca empregadora.

“É necessário que as empresas tenham um olhar mais humanizado e comecem a apostar em técnicas diferenciadas e mais atrativas para tornar este momento mais atrativo e interativo, a fim de mitigar o early turnover, facilitar a integração e impulsionar a produtividade de novos talentos”, afirma Pedro Iglesias, sócio e business development manager da Team Upp , consultoria especializada em engajamento e bem-estar dos colaboradores.

A empresa realizou um estudo chamado Benchmark Brasil de Employee Experience, que apontou que empresas que investem em uma boa experiência de seus funcionários foram capazes de notar uma otimização de 25% nos seus lucros, reforçando a ideia da produtividade e senso de pertencimento das equipes, o que já começa desde o onboarding. Segundo Iglesias, uma forte tendência é tornar o processo mais lúdico – também conhecido como gamificação.

Muito além dos jogos de videogame, a estratégia é uma ferramenta poderosa que permite a interatividade e engajamento. “O senso de progressão e feedback constante, aliados a uma interface lúdica amarrada a um propósito claro, engajam os participantes nas atividades a serem desenvolvidas, transformando as pessoas em protagonistas da jornada”, ressalta.

“Criar uma narrativa poderosa para um onboarding estruturado têm trazido resultados acima do esperado para as empresas que têm apostado nestes novos formatos, reduzindo turnover, absenteísmo e melhorando engajamento e produtividade.

Afinal, com as novas gerações, surgem novas formas de se comunicar, interagir e se integrar por meio de ferramentas tecnológicas. Investir na experiência do colaborador é inegociável se a empresa busca atrair e reter os melhores talentos”, finaliza Pedro. Fonte e mais informações: (https://tappsventures.com/).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap