182 views 3 mins

Conectando vinho, negócios e mercado financeiro

em Negócios
sexta-feira, 09 de abril de 2021

Com as medidas de restrição para o isolamento social se tornando cada vez mais rígidas, mais uma vez empresas de todos os setores se reinventam. Em comum, elas têm o objetivo de não apenas dar continuidade ao atendimento de seus consumidores, como também atender às suas novas necessidades e realidades.

Um exemplo desse fenômeno é a forma como a importadora de vinhos Zahil inovou o seu relacionamento com clientes corporativos tornando os workshops de seu clube de vinhos, o WineHouse Club, em um importante serviço que conecta o universo do vinho ao mundo dos negócios e ao mercado financeiro.

“Sempre acreditamos no poder do vinho de conectar pessoas, e nosso propósito de ampliar a experiência para além da aquisição das garrafas sempre foi um caminho natural. Antes de tudo isso acontecer, já vínhamos trabalhando em projetos pilotos e diferentes modelos em nosso clube de vinhos, o WineHouse Club, até chegarmos ao atual formato que nasceu pensado para assinantes e agora vai se adaptando para atender também o segmento B2B”, explica Rodrigo Volponi, Diretor de Marketing da Zahil.

“Como é da natureza humana as pessoas se conectarem por semelhanças de interesses, sonhos e valores, o vinho sendo quase uma unanimidade constrói pontes genuínas e elegantes, independente da distância e em qualquer situação”, destaca Volponi. A Zahil no último ano desenvolveu mais de 40 eventos online, entre degustações, jantares harmonizados e oficinas temáticas, os quais permitiram que seus clientes corporativos pudessem proporcionar uma experiência única, mesmo que a distância, com seus principais clientes e fornecedores.

Neste modelo de marketing de relacionamento corporativo, cada cliente tem a disposição um especialista da Zahil exclusivo para auxiliar na escolha da melhor experiência, alinhada com os objetivos e budget da empresa. “Não há uma melhor forma de se introduzir apreciadores do vinho ao mercado financeiro do que começar apresentando a eles a Bolsa de Bordeaux, onde são negociados alguns dos melhores e mais importantes vinhos do mundo”, conta o diretor, Rodrigo Volponi.

Fundada em 1986 pelos irmãos Antoine Zahil e Serge Zehil, a importadora passou a se dedicar exclusivamente à importação de vinhos a partir de 1999. A qualidade dos vinhos é a principal estratégia da Zahil, sendo criteriosamente selecionados por uma equipe de especialistas sob a competente consultoria de Jorge Lucki, expert em vinhos e referência nos mercados brasileiro e internacional.

O WineHouse Club é o clube próprio de assinatura de vinhos da Zahil que, diferente dos modelos existentes, as assinaturas incluem degustações, cursos, jantares harmonizados, descontos na compra de rótulos da importadora, além de uma rede de parceiros e de um espaço físico localizado no bairro do Itaim. Fonte: (www.zahil.com.br).