71 views 6 mins

Plano de saúde é tão importante quanto salário atualmente

em Mercado
segunda-feira, 25 de março de 2024

Wagner Bernardo (*)

Nos últimos anos, temos presenciado uma série de mudanças no comportamento dos profissionais no mercado de trabalho. Se antes o foco de grande parte dos trabalhadores estava na busca por empresas que oferecessem salários competitivos, metas desafiadoras e planos de carreiras definidos, agora o foco está em pontos que os ajudem a balancear a vida profissional com a pessoal.

Para se ter uma ideia, 46% dos profissionais afirmam que entre os benefícios inegociáveis está a flexibilidade no modelo de trabalho, seja ele híbrido ou remoto. Logo em seguida estão os planos de saúde, com a marca de 24%, segundo dados do relatório Tendências e Perspectivas do Trabalho 2023, conduzido pela WeWork, empresa de escritórios compartilhados na América Latina.

Em outras palavras: os planos de saúde também possuem um espaço significativo dentro das preferências dos profissionais. Isso porque mesmo que toda a população tenha acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS), apenas os planos de saúde conseguem oferecer um atendimento mais rápido e eficiente com acesso a hospitais normalmente mais prestigiados.

E por onde a maioria da população consegue acesso a esses planos de saúde? Por meio do ambiente empresarial. Afinal, normalmente, eles estão mais concentrados em empresas e não nas pessoas físicas. Não é à toa que o número de beneficiários de planos de saúde no Brasil chegou à marca de 50,9 milhões em outubro do ano passado, segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Se pararmos para pensar, a maioria dos planos de saúde custam muito caro, quando contratados individualmente. Então, quando um colaborador faz parte de uma família de três pessoas, por exemplo, será uma vantagem para ele mesmo. Afinal, a empresa pode optar por pagar integral ou parcialmente os custos daquele plano, o que acaba sendo um ótimo custo-benefício, já que como comentado anteriormente, os planos empresariais costumam ser mais baratos.

A partir do momento em que uma empresa se dispõe a oferecer opções de planos de saúde para seus colaboradores, que podem variar em termos de cobertura, rede credenciada, por exemplo, elas acabam ganhando um ponto positivo diante do olhar da sua equipe. Já que muitas vezes eles conquistam a liberdade de optar pela opção que mais se adequa às suas necessidades diárias.

Ademais, hoje temos visto um aumento significativo de empresas investindo na contratação de planos de saúde. Para se ter uma ideia, espera-se que os planos de saúde atinjam a marca de 53,2 milhões de beneficiários em 2024, segundo a Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge). Ou seja, isso deve continuar sendo uma tendência para os próximos anos.

Não podemos negar que a partir do momento em que esse movimento chega ao mercado, ele acaba atraindo a atenção de profissionais mais qualificados, que buscam trabalhar em uma empresa que ofereça benefícios que vão além do próprio salário. O que traz vantagens imensas para a própria companhia, que passa a ser vista com outros olhares.

Oferecer um plano de saúde empresarial só traz benefícios para todos os envolvidos, tanto a empresa quanto os seus colaboradores, que mais do que nunca tem procurado por companhias que os ajude a focar no seu pilar mais importante: na vida. Isso porque, no final das contas, quando se fala sobre a área de saúde, não podemos esquecer que todos querem ser atendidos com qualidade e eficiência.

Nesse sentido, aqueles que contam com um apoio de uma boa gestão de planos de saúde acabam saindo na frente. Hoje em dia existem diferentes tipos de empresas que oferecem apoio na gestão de planos de saúde, transformando a experiência dos colaboradores e profissionais do RH por meio da tecnologia, que ficam menos sobrecarregados e conseguem dedicar mais tempo para outras questões muito importantes para o setor.

Com isso, esse benefício vem se tornando cada vez mais importante para empresas de todos os setores e tão essencial quanto o próprio salário.

(*) – É Co-Founder e VP de Clientes da Piwi (https://www.piwi.com.br).