Cresce número de organizações contábeis no país

Valorizado nos úlltimos anos, o mercado de contabilidade vem se transformando, adaptando e crescendo; no mesmo passo, os profissionais que atuam no setor. Registros do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), acessados no dia 10 de janeiro de 2020, apontam um aumento no número de organizações contábeis durante o ano de 2019: 66,6 mil, sendo 35 mil sociedades, 16 mil empresários, 8 mil de MEI e outros 6,6 mil em Eireli.

Quando comparado com o mesmo período de 2018, os dados mostram um crescimento de 5% do número total de escritórios. Nos úlltimos três anos o acréscimo foi ainda maior: 20% entre 2017 (57,9 mil) e 2020 (70 mil). De acordo com a vice-presidente de Registro do CFC, Lucélia Lecheta, são duas as vertentes que justificam esse aumento nas empresas contábeis. O primeiro deles são o aumento no nível de empreendedorismo no Brasil, além das constantes fiscalizações realizadas pelos Conselhos Regionais.

Ao identificar e combater o exercício ilegal por leigos e a exploração de serviços por sociedades não registradas, e ainda exigir a observância das normas de natureza técnica obrigatória por todos os profissionais, são os motivos pelos quais temos um constante crescimento de empresários, afirma Lucélia, aduzindo que a economia brasileira chegou ao final de 2019 com sinais sólidos de retomada do crescimento, e essa transformação impacta diretamente no setor da contabilidade.

A torcida é grande para que o cenário econômico do Brasil continue reagindo positivamente. Hoje vivemos um crescimento, com abertura dos mercados, investimentos vindos do exterior. Quando a economia cresce nosso setor é demandado,, analisa Lucília. Atualmente mais de 518 mil contadores de todo o Brasil se adaptam às mudanças no perfil profissional.

Para a vice-presidente de Registro, a contabilidade é uma ocupação do presente e do futuro, mas que exige uma atualizaçãoconstante. As á¡reas de atuação são diversas, mas em todas elas os profissionais precisam inovar, se capacitarem, atualizarem conhecimentos e ainda usarem a tecnologia como facilitadora no processo de trabalho, conclui (APEX).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap