Brasileiros passaram férias de julho em casa

A crise econômica e a inflação em alta de quase 12% ao ano parecem ter afetado a programação das férias escolares de julho. Levantamento da TIM feito junto a seus clientes de planos pré-pago na plataforma TIM Ads revela que apenas 19% viajariam durante neste período.

O programa principal seria mesmo ficar em casa, para 18% dos 96,9 mil entrevistados, seguido por visitas a parentes e amigos (17%). Fechando as opções mais apontadas, aparecem idas a cinemas, bares e shows (11%) e passeios culturais e gastronômicos (8%).

O próprio orçamento familiar separado para as férias não permitiria grandes planos. A pesquisa revelou que 24% dos clientes ouvidos gastariam menos de R$ 500, e 30%, um pouco mais, até R$ 2 mil. Apenas 19% planejaram gastos entre R$ 2 mil a R$ 5 mil. Tanto que só 11% viajariam pelo Brasil e 8% iriam para fora.

De toda forma, 19% contaram que recorreram às redes sociais para preparar as férias. Outros 18% seguiram sugestões de amigos e familiares e 12% costumam consultar sites especializados em lazer e viagens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap