82 views 57 secs

Temer volta a criticar animosidade e a defender pacificação

em Manchete
quinta-feira, 11 de maio de 2017
Marcos Corrêa/PR

Marcos Corrêa/PR

Presidente Michel Temer, no quartel-general do Exército.

Em um discurso em que destacou o papel das Forças Armadas para a segurança pública, o presidente Michel Temer voltou a defender a pacificação do país e a criticar a “animosidade” entre os brasileiros. Pediu novamente a “eliminação” da raivosidade entre setores da sociedade e fez elogios à “autoridade moral” dos militares brasileiros para garantir a paz interna. As declarações foram feitas ontem (11) em evento fechado no Quartel General do Exército em Brasília, onde assinou o decreto de criação do Comitê para Revitalização do Parque Nacional dos Guararapes, localizado em Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife.
O presidente ressaltou “o papel extraordinário” das Forças Armadas que, apesar de “preparadas para a guerra”, representarm “o sintoma da paz” e o “respeito absoluto às tradições da nossa história”. Temer disse que o país vive um momento conturbado e que, nesse contexto, as Forças Armadas têm muito a contribuir. “Tomo a liberdade de salientar esse aspecto porque nós vivemos, nos últimos tempos, um momento de certa animosidade entre brasileiros, o que é inteiramente condenável”.
Temer falou também sobre o apoio que os militares têm recebido da população, em especial no caso do Espírito Santo, onde atuaram na época da greve dos policiais militares (ABr).