62 views 53 secs

Petros divide rombo de R$ 16,1 bilhões com 76 mil beneficiários

em Manchete
sexta-feira, 24 de junho de 2016

Divulgação

Petros vai dividir rombo de R$ 16,1 bi com 76 mil beneficiários.

Com déficit de R$ 22,6 bilhões em 2015, R$ 6,5 bilhões acima do limite de tolerância estabelecido por resolução do Conselho Nacional de Previdência Complementar, a Petros vai dividir a conta com os 76 mil empregados, aposentados e pensionistas da Petrobras a partir do próximo ano. A análise da avaliação atua­rial do Plano Petros Sistema Petrobras, referente a 2015, foi aprovada, pelo Conselho Deliberativo da Petros, e nela consta um déficit de R$ 22,6 bilhões.
Como deverá ser excluído deste montante o limite de tolerância (Limite de Déficit Técnico Acumulado), que é de R$ 6,5 bilhões, restam ser equacionados R$ 16,1 bilhões, valor que será dividido igualitariamente entre os patrocinadores e os participantes e assistidos do plano, que ficarão com 50% cada, conforme regra paritária estabelecida na Constituição Federal por emenda constitucional.
A Petros deverá elaborar ainda este ano um Plano de Equacional de Déficit, que implicará na divisão dos R$ 16,1 bilhões entre todos os 76 mil beneficiados – 21 mil participantes ativos e 55 mil assistidos – todos sujeitos a risco previdenciário, atuariais e de oscilações de variáveis de mercado, o que, na avaliação da Petrobrás, “podem afetar a estimativa de obrigação atuarial e o patrimônio investido” (ABr).