75 views 41 secs

Juízes fizeram ato de apoio a Moro no Rio

em Manchete
segunda-feira, 14 de março de 2016

Reprodução/Amaerj

Cerca de 200 membros da Amaerj se reuniram em apoio ao juiz Sérgio Moro.

Rio – Com solenes togas sobre as roupas, cerca de 200 membros da Associação dos Magistrados do Rio de Janeiro (Amaerj) se reuniram na tarde de ontem (14), em ato público em frente ao Museu da Justiça, em apoio ao juiz federal Sérgio Moro. Além da solidariedade ao colega, os juízes defenderam a independência do Poder Judiciá­rio para tomar decisões.
A presidente da Amaerj, Renata Gil de Alcântara Videira, afirmou que a categoria não admite que decisões judiciais sejam discutidas. “A independência judicial é um pilar do Poder Judiciário, que é pilar do Estado Democrático de Direito”, afirmou.
A nota enviada a Moro foi lida no ato público de ontem, precedida pelo hino nacional. Em seguida, houve a leitura da resposta enviada pelo magistrado de Curitiba. O juiz declarou que ficou “tocado” com o apoio dos colegas do Rio. “O juiz não é livre para decidir. Está vinculado às provas, aos fatos, à lei e à Constituição. Para condenar ou para absolver. Fora disso, qualquer interferência é indevida”, escreveu Moro, na mensagem aos magistrados fluminenses (AE).