CNC: confiança do comércio cresce pelo terceiro mês consecutivo

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), apurado pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), alcançou o patamar de 122,5 pontos em novembro, o maior desde abril de 2019 (125,2 pontos). O resultado representou uma alta de 0,5% ante o índice de outubro. Foi o terceiro aumento mensal consecutivo do índice. Em relação a novembro do ano passado, houve um crescimento de 11,6%.

“A economia vem emitindo diversos sinais de recuperação gradual, e a crescente confiança do empresário do comércio vem confirmar um cenário de maior otimismo em relação ao aquecimento do consumo. Tenho confiança que o ano que vem será de uma reação ainda mais sólida do setor”, disse o presidente da CNC, José Roberto Tadros.

O subíndice referente às expectativas chegou a 162,6 pontos e permaneceu no maior patamar, com alta de 0,1% ante o mês anterior e aumento de 7,0% na comparação com novembro do ano passado. Registrou o maior indicador desde maio de 2019 (163,6 pontos). A satisfação quanto às condições correntes foi um dos destaques em novembro. Também atingiu o maior nível desde maio de 2019 (100,6 pontos), e todos os itens que compõem este indicador registraram variações mensais maiores do que as observadas em outubro.

Em relação às expectativas para a economia, a proporção dos empresários que esperam uma melhora econômica representou 91,0%, ante 90,2% em outubro e um aumento de 10,3 pontos percentuais em relação a novembro de 2018. “Essa expectativa favorável está ancorada nas projeções de maior crescimento econômico no próximo ano”, afirma a economista da CNC Catarina Carneiro da Silva. A maioria dos varejistas percebeu melhora em suas empresas (60,5%), acima da proporção registrada em outubro (59,8%) e em novembro de 2018 (49,1%) – (Gecom/CNC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap