Dicas para um planejamento estratégico de sucesso

O segmento de startups continua em alta, mesmo em meio a instabilidades econômicas do país. Para se ter uma ideia, segundo um relatório da Sling Hub, nos últimos 5 anos, startups da América Latina receberam mais de US$ 36 bilhões em investimento. O mercado segue aquecido, porém ser uma empresa de destaque para o mercado começa não somente com a ideia certa de negócio, mas também com um bom planejamento estratégico.

De acordo com Fernando Patara, sócio da 2Simple, companhia que auxilia com estratégias para o crescimento sustentável de startups, o planejamento estratégico é a base de uma startup para que ela tenha um crescimento sustentável. “É o planejamento que vai definir quais são as metas de uma empresa e quais serão as estratégias para alcançá-las. Entretanto, por mais que possa parecer fácil e que o empreendedor tenha tudo o que quer em mente, é importante que ele seja detalhado, como o documento mais importante para uma companhia.

Além disso, vale dizer que diferente do que muitos pensam o plano estratégico pode ser feito sempre que for necessário. Pode ser aplicado a cada três anos ou a cada um mês. Em especial no último ano, percebemos que o caminho pode ser alterado diversas vezes, de acordo com a necessidade da startup”, explica. E para ser um apoio para quem precisa fazer ou renovar o planejamento estratégico, o especialista dá 5 dicas importantes. Confira:

1 – Defina seu ponto de partida – Antes de partir para seu plano, saiba de que ponto está saindo. Faça uma análise juntamente com sua equipe do que precisa ser melhorado na companhia, pontos de melhoria e também o que está dando certo. Em geral, um levantamento sobre as forças, fraquezas, oportunidades e as ameaças da empresa.

2 – Metas e Objetivos – Para trilhar o caminho é importante saber onde quer chegar. Qual é o seu objetivo com esse planejamento? Defina suas prioridades para saber qual alcançar primeiro. Sua meta é financeira ou de marketing? Deixe isso claro para todos da equipe para que assim, eles também possam ter consciência de suas responsabilidades e colaborarem de maneira efetiva

3 – Mercado – Estude a concorrência, veja o que eles estão oferecendo, entenda suas falhas e suas forças. Analise o mercado. Assim, você estará atento às oportunidades, uma maneira de estar sempre um passo à frente.

4 – Plano de Negócios – Momento de agir! Depois de definir suas metas e objetivos, é hora de tirar tudo do papel e delimitar datas e responsáveis por cada ação. Não esqueça de documentar tudo, além de determinar as prioridades de trabalho, afinal algumas ações são mais importantes que outras para a conquista do objetivo.

5 – Acompanhe o processo – Não deixe de estar por dentro do que está acontecendo. Após colocar o plano em ação, é importante saber como está o andamento e os resultados. “Faça reuniões com a equipe, se possível toda semana. O diálogo, a confiança e a transparência são fundamentais para uma execução de um trabalho bem sucedido”, finaliza Patara. – Fonte e mais informações, acesse: (www.2simple.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap