Lazer e Cultura 19/01/2016

Musical

Cena do musical Chão de Estrelas.
  • Save

Chão de Estrelas é uma comédia musical, embalada por canções de sucesso e imortalizadas por Dalva de Oliveira, Dolores Duran, Carmem Miranda, Herivelto Martins, e muitos outros

O encontro inusitado (ou não) de dois artistas de rua, Don e Linda, onde eles irão contar um pouco de suas aventuras pelos longos “chãos da vida”. Quantos risos e alegrias ou lágrimas vadias, o palhaço e a bailarina surgem como película antiga aos olhos do público e, aos poucos, eles vão colorindo este cenário transformando a cidade antiga, numa cidade de novas emoçoes. Com Ana Luisa Leite, Sabrina Korgut (em certas apresentações) e Tiago Higa.

Serviço: Espaço Promon, Av. Juscelino Kubitschek, 1830, Itaim Bibi, tel. 3071-4236. Sábados às 21h e domingos às 19h. Ingresso: R$ 80. Até 28/02.

REFLEXÃO

COMO COOPERAS?

“Nós, porém, não recebemos o espírito do mundo, mas o espírito que provém de Deus”. – Paulo. (I Coríntios, 2:12.) Lendo a afirmativa de Paulo, reconhecemos que, em todos os tempos, o discípulo sincero do Evangelho é defrontado pelo grande conflito entre as sugestões da região inferior e as inspirações das esferas superiores da vida. O “espírito do mundo” é o acervo de todas as nossas ações delituosas, em séculos de experiências incessantes; o “espírito que provém de Deus” é o constante apelo das Forças do Bem, que nos renovam a oportunidade de progredir cada dia, a fim de descobrirmos a glória eterna a que a Infinita Bondade nos destinou. Deus é o Pai da Criação. Tudo, fundamentalmente, pertence a Ele. Todo campo de trabalho é do Senhor, todo serviço que se fizer será entregue ao Senhor, mas nem todas as ações que se processam na atividade comum provêm do Senhor. Coexistem nas oficinas terrestres, quaisquer que sejam, a criação divina e a colaboração humana. E cooperadores surgem que se valem da mordomia para exercer a dominação cruel, que se aproveitam da inteligência para intensificar a ignorância alheia ou que estimam a enxada prestimosa, não para cultivar o campo, mas para utiliza-la no crime. O cientista, no conforto do laboratório, e o marinheiro rude, sob a tempestade, estão trabalhando para o Senhor; entretanto, para a felicidade de cada um, é importante saber como estão trabalhando. Lembremo-nos de que há serviço divino dentro de nós e fora de nós. A favor de nossa própria redenção, é justo indagar se estamos cooperando com o espírito inferior que nos dominava até ontem ou se já nos afeiçoamos ao espírito renovador do Eterno Pai. Livro Vinha de Luz – F.C. Xavier (pelo espírito Emmanuel).

Jazz

Grupo Bahule Quartet.
  • Save

Grupo musical Bahule Quartet formado pela cantora moçambicana Lenna Bahule e os músicos brasileiros Ed Woiski (bandolim), Kiko Woiski (baixo) e Gabriel Draetta (bateria e percussão). Com uma inusitada instrumentação formada por baixo, bateria, bandolim e voz, a banda traz um repertório predominantemente autoral e alguns temas de compositores como Dave Holland, Pixinguinha, Edú Lobo, Luiz Tatit, entre outros e explora com personalidade e autenticidade as linguagens da improvisação e da música vocal tribal moçambicana assim como a multiplicidade de idiomas.

Serviço: Jazz B, R. General Jardim, 43, República, tel. 3257-4290. Quarta (20) às 21h. Ingresso: R$ 25.

Choro

O duo formado pelos irmãos Simone e Nelton Essi passeia por esses três mundos de forma não convencional, misturando instrumentos cuja interação no mundo musical é rara. Permeando funções, cantam e percutem de formas inusitadas. Vibrafone, bateria, pandeiro, tamborins, ganzás e diferentes timbres de voz fazem de um repertório familiar uma experiência surpreendente e deliciosa de se revisitar.

Serviço: Central das Artes, R. Apinajés, 1081, Sumaré, tel. 3865-4165. Quinta (21) às 21h. Ingresso: R$ 20.

Concerto “Formidable”

 

“Formidable” apresenta um passeio pelos maiores sucessos da canção francesa do século XX. A obra de grandes expoentes como Charles Aznavour, Michel Legrand, Charles Trenet, Édith Piaf, entre outros, é revisitada dentro de um roteiro que combina música e teatro. O espetáculo presta um tributo, através de sua música, ao legado cultural que a França trouxe ao mundo, reverenciando as maiores personalidades artísticas daquele país. Cantora Convidada: Ana Luisa Leite. Piano: Anderson Beltrão.

Serviço: Espaço Promon, Av. Juscelino Kubitschek, 1830, Itaim Bibi, tel. 3071-4236. Sextas às 21h30. Ingresso: R$ 80. Até 26/02.

Direito

No drama A Vida é Sonho Segismundo, príncipe renegado pelo pai, cresceu trancado numa torre. Seu único contato com o mundo foi através de Clotaldo, seu guardião. Agora, como num sonho, seu direito lhe é restituído e ele terá de reinar. Com Dover Buzoni, Camila Polese, Bruno Picasso, Gustavo Bandeira, Fran Martins, Ellen Labadessa, Bruno Perdigão, Mayara Carbono, Bruno Galucio e Caco Oliveira.

Serviço: Teatro Paiol Cultural, R. Amaral Gurgel, 164, Vila Buarque, tel. 3337-4517. Sábados às 21h. Ingresso: R$ 30. Até 06/02.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap