Lazer e Cultura 18/08/2016

Frida Kahlo

O Abraço Amoroso entre o Universo, a Terra (México), Eu, o Diego, e o Sr. Xólotl ? - Clássica obra surrealista presente na exposição.
  • Save

Se uma exposição da “Frida” já é coisa boa, imagina Duas! É isso mesmo que você leu: duas mostras com fotografias do acervo pessoal de Frida Kahlo!.

O valor do ingresso dá acesso aos dois espaços culturais, que ainda contam com serviço de uma van que transporta os visitantes gratuitamente de um local para o outro. O acervo reflete de maneira clara os interesses que a pintora teve ao longo da sua tormentosa vida: a família, o seu fascínio por Diego e os seus outros amores, o corpo acidentado e a ciência médica, os amigos e alguns inimigos, a luta política e a arte, os índios e o passado pré-hispânico. Após a morte de Frida Kahlo, em 1954, uma coleção de suas memórias ficou guardada por meio século a pedido de seu marido, Diego Rivera, em um banheiro na Casa Azul, local onde Frida viveu grande parte da sua vida e onde veio a falecer. Só em 2007, a equipe da Casa Azul teve autorização para abrir este banheiro e, na data, um conjunto de 6.500 fotografias do acervo da artista foi revelado.

Serviço: MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo, Av. Europa, 158, Jardim Europa, tel. 2117-4777, Domingos das 11h às 19h e de terça a sábado das 12h às 20h. E, Espaço Cultural Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 610, Campos Elíseos, tel. 3226-7361. Ingresso: R$ 6 e R$ 3 (meia). Até 20/11.

REFLEXÃO

DIANTE DA PROVIDÊNCIA.
“Procura apresentar-se a Deus, aprovado como obreiro que não tem de que se envergonhar…” – Paulo. (II Timóteo, 2:15.)
Digna de registro a observação do apóstolo Paulo a Timóteo, sobre a melhor maneira de mostrar-se a Deus. Contrariamente à inquietação de muitos religiosos do mundo que aspiram ao supremo destaque espiritual, o amigo da gentilidade, cuja fé amadurecera em ásperos testemunhos de sofrimento, não recomenda ao discípulo qualquer aquisição de atributos especiais. Não lhe pede entretecer láureas de herói para a cabeça e nem lhe aconselha demandar o excelso encontro, alardeando certidões de santidade. Não articula regras, a fim de que sobreponha à presença dos outros e nem lhe traça penitências ou rituais, tendentes a bajular a Paternidade Divina. Roga-lhe simplesmente viver de tal modo que possa comparecer, diante de Deus, na posição do trabalhador de reta consciência, honrado nas obrigações bem cumpridas. Se queres, por tua vez, atingir a Esfera Superior, para compartilhar as alegrias dos que se identificaram com o Infinito Amor, não te percas em fantasiosa expectativa de imunidade perante a Lei.Atende, cada dia, aos deveres que a vida te prescreveu, leal ao serviço e à paciência, e estejamos convencidos de que a mais alta forma de apresentar-nos à Providência será sempre a do obreiro honesto, aprovado na tarefa de que foi incumbido e que nada tenha de que se envergonhar.

Livro Palavras de Vida Eterna – F.C. Xavier.

Stand-up

Daniel Araujo
  • Save

O músico e ator Daniel Araujo apresenta em tom de desabafo o cotidiano de seu personagem Paxtorzão que é desastrado e cuida de uma pequena igreja prestes a falir. Acompanhe a narrativa do Pax em seu “divã”, desabafando sobre aconselhamentos aos poucos membros da igreja – questões de ego, músicos sem talento algum e relacionamentos confusos. Daniel empresta ao personagem seus conflitos e bullying sofrido por conta de seu (sobre)peso e suas experiências no programa “Além do Peso” da Rede Record, onde foi campeão da quarta edição com mais de 50 quilos eliminados e 40% dos votos populares entre 8 participantes.

Serviço: Teatro Bibi Ferreira, Av. Brigadeiro Luis Antônio, 931, Bela Vista, tel. 3105-3129. Terças às 21h. Ingresso: R$ 60. Até 30/08.

ERÓTICO

A companhia Chevaux Légers explora os cinco sentidos do público no espetáculo sensorial erótico “Satyriase”. A peça tem a proposta deixar a arte ser experimentada na pele por todos, sem pudores e sem amarras. Enquanto declamam contos eróticos, os artistas mostram ao público os seus desejos escondidos por meio de cheiros, toques, sussurros, paladares e tudo o que a imaginação permitir. A ideia é criar uma espécie de “orgia teatral organizada”, e não uma festa sadomasoquista e nem uma troca simples de desejos. O elenco conta com a participação de Adriane Salamandra, Ana Jesus, Dexter, Donn, Fernanda Custódio, Fernando Antônio, Gui Alves, Luiza Pastor e Ricardo Cruz.

Serviço: Dominatrix Augusta, R. Fernando de Albuquerque, 171, Centro, tel. 3456-2295. Quintas, às 22h. Ingresso: R$ 40.Até 27/10.

Fotografia

Obra de Camila Biondan.
  • Save

O encontro do artista plástico, autor e diretor teatral Márcio Macena com a artista plástica, atriz e produtora Camila Biondan resultou na exposição Ilhas Roubadas. As 52 obras (29 trabalhos de Márcio e 23 de Camila) abordam, por meio de colagens as diversas formas de linguagem para expressar a arte do ponto de vista de cada um dos artistas. Pedaços que separam e unem a essência de cada artista e seus questionamentos, suas individualidades e seus olhares sobre eles mesmos e o mundo. Na mostra, a dupla parte de pontos quase opostos em direção ao mesmo destino, onde a tridimensionalidade da arte, faz a seta ir direto para o alvo.

Serviço: Centro Compartilhado de Criação, R. James Holland, 57, Barra Funda, tel. 3392-7485. De segunda a sexta, das 11h às 20h. Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia). Até 17/09.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap