88 views 8 mins

Lazer e Cultura 06/04/2016

em Lazer e Cultura
terça-feira, 05 de abril de 2016

comemorando

comemorando 02 temproario

Eles estão há mais de três décadas na sua vida, numa trajetória caracterizada pela reinvenção e ampliação de um público fiel

E estão comemorando nos palcos, com a nova turnê ‘14 Bis – 35 Anos‘, que reúne os clássicos da carreira do grupo mineiro, assim como outros sucessos, da música nacional e internacional. Surpresas escolhidas a partir de coisas que ouviram nesses 35 anos, com um pé até na modernidade, podendo ir dos Beatles a Renato Russo. É um novo 14 Bis que está no ar, mas sem deixar, é claro, sua característica sonoridade, uma mistura única de rock com Clube da Esquina, música clássica, progressivo, do country norte-americano ao regional brasileiro, e o que mais pintar no caldeirão de Cláudio Venturini (guitarra e voz), Sérgio Magrão (baixo e voz, único carioca do grupo), Vermelho (teclados e voz) e Hely Rodrigues (bateria).

Serviço: Teatro J. Safra, R. Josef Kryss, 318, Barra Funda, tel. 3611-3042. Sexta (8) às 21h30. Ingresso: R4 60.

REFLEXÃO

RELACIONAMENTOS SAUDÁVEIS

(…) Ninguém consegue viver sem a harmonia do grupo social no qual se encontra. Animal gregário, o ser humano nutre-se da vibração e da presença de outro igual, que o estimula para avançar na busca da sua auto-realização. O relacionamento social é de grande importância para desenvolver os valores que se encontram adormecidos nos refolhos do inconsciente, aguardando os estímulos que os fazem exteriorizar-se, e isso, somente é possível, na convivência com outros indivíduos da mesma espécie. O isolacionismo é sintoma de desajuste emocional, portanto de psicopatologia que necessita seja aplicada uma terapia competente. Na convivência com o próximo, o ser humano lima as arestas anteriores e ajusta-se ao grupo, aprendendo que a sua perfeita sintonia com os demais resulta em produção e aperfeiçoamento moral para todos. O seu crescimento é conquista geral, o seu fracasso é desastre coletivo. Nesse mister, portanto, descobre a beleza da harmonia, que resulta da perfeita identificação com os componentes do conjunto. Quem duvide do valor da renúncia pessoal em favor do aperfeiçoamento do grupo social, observa, numa orquestra, qualquer instrumento que se destaque, por exibicionismo, destoando da pauta musical, e teremos a tragédia do esforço de todos. Assim, portanto, há uma necessidade ética, psicológica, moral, em favor do relacionamento entre as criaturas, particularmente quando este pode ser saudável. A sua proposta se faz mediante o intercâmbio fraternal, aspirações culturais, doações dignificadoras, que se convertem em esforço de construção de momentos enriquecedores. Os estímulos humanos funcionam de acordo com os propósitos agasalhados, porque a mente, trabalhando os neurônios cerebrais, estimula a produção de enzimas próprias aos sentimentos de solidariedade ou às reações belicosas. Assim, portanto, aspirar e manter idéias de teor elevado, constitui meio seguro de conseguir-se relacionamentos saudáveis. (…) (De “Vida – Desafios & Soluções”, de Divaldo Franco, pelo Espírito Joanna de Angelis)

Stand-up Comedy

NanyPeople

O novo solo #NanyPeople3em1 é uma seleção de trechos dos três recentes trabalhos de stand up da atriz e humorista. De maneira descontraída e intimista ela revisita histórias e piadas das produções “Então… Deu no que deu”, “TsuNany” e “Minhas verdades, Muito mais que um stand up”. Com total interação com a plateia, Nany People satiriza o cotidiano, especialmente os encontros e desencontros afetivos; assume o perfil de um relatora social e vai destilando de maneira divertida os diversos malsucedidos hábitos da vida moderna; e apresenta histórias e situações vivenciadas durante a sua trajetória profissional e pessoal.

Serviço: Teatro J. Safra, R. Josef Kryss, 318, Barra Funda, tel. 3611-3042. Quintas às 21h (Exceto dia 12/05). Ingressos: R$ 50 e R$ 60. Até 26/05.

Danças Urbanas

Durante a atividade, movimentos acrobáticos e elementos específicos de danças urbanas são apresentados e ensinados ao público, que poderá vivenciar as danças urbanas e a cultura Hip Hop. A Back Spin Crew foi formada em 1985, na estação São Bento do Metrô, na cidade de São Paulo, que na época era ponto de encontro de dançarinos de rua.

Serviço: Sesc Vila Mariana, R.Pelotas, 141, Vila Mariana, tel. 5080-3000. Sábados às 17h. Entrada franca. Até 09/04.

Brincadeira musical

brincando temproario

Alexandre Nero mostra sua vertente musical no show Bricabraque. Em tom leve e intimista, o ator, cantor e compositor curitibano constrói uma grande brincadeira com o público, permeada por músicas bem-humoradas.Nero divide o palco com Fabio Cardoso (piano) e Val Ofílio (percussão), e toca instrumentos como viola caipira, violão, cavaquinho e uquelele. O roteiro tem canções autorais como Vendo a vista, Paixonite, Lave leve love e Cadê meu jardim?; algumas parcerias como Domingos (Alexandre Nero/Domingos Oliveira), Saia (Alexandre Nero/Thiago Chaves) e Hilário (Alexandre Nero/Luiz Felipe Leprevost), além de releituras para A banda (Chico Buarque de Holanda), Acho (Carlos Careqa) e Não aprendi dizer adeus (Joel Marques).

Serviço: Teatro Porto Seguro, Al. Barão de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, tel. 3226-7300. Segunda (11) e terça (12) às 21h. Ingressos: de R$ 80 a R$ 150.

Comédia

Com texto do dramaturgo inglês Mike Bartlett, Contrações é uma obra cruelmente engraçada, que parte de uma situação totalmente plausível na realidade para demonstrar sua faceta mais absurda. A ação se passa em um único espaço: o escritório de uma grande corporação. A gerente convoca e solicita a Emma, sua funcionária, que leia em voz alta uma cláusula do contrato que proíbe aos funcionários qualquer relação sentimental ou sexual com outro empregado da empresa. Nos encontros seguintes, a gerente, amparada pelo poder que tem, libera suas diferentes facetas para manipular Emma. Para manter seu emprego, a funcionária acaba por se render e danifica sua vida privada. Com, Débora Falabella e Yara de Novaes.

Serviço: Teatro Shopping Frei Caneca (Shopping Frei Caneca), R. Frei Caneca, 569, Bela Vista, tel. 3472-2229. Ingressos: de R$ 60 a R$ 80. Até 08/05.