89 views 8 mins

Lazer e Cultura 01/04/2016

em Lazer e Cultura
quinta-feira, 31 de março de 2016

Autismo e arte

A Oficina dos Menestréis apresenta um espetáculo com elenco formado por atores do espectro autista.

Em mais uma iniciativa ousada de trabalhar a arte do teatro musical com elenco não convencional e integrando os seus projetos sociais, a Oficina dos Menestréis apresenta um espetáculo com elenco formado por atores do espectro autista

Trata-se da terceira edição do projeto AUT, resultado do trabalho do diretor Deto Montenegro, que adaptou o método de treinamento artístico de teatro musical, a jovens do espectro autista, com o intuito de experimentar e desenvolver nestes alunos de características e necessidades especiais os encantos que a atividade artística possibilita, potencializando ainda mais o caráter de inclusão por meio da arte. Serão duas apresentações sendo que a do dia 2 de abril terá um caráter ainda maior de celebração e inclusão, já que a data marca também o Dia Mundial de Conscientização do Autismo.

Serviço: Teatro Dias Gomes, Domingos de Morais, 348, Vila Mariana, tel. 5575-7472. Sábado (2) às 17h e domingom (3) às 14h30. Ingressos: Ingressos: R$ 60 e R$ 30 (meia).

REFLEXÃO

A COISA MAIS DIFÍCIL

Ter dentro de si a senhora humildade. Aí esta a prenda maior e mais difícil de se obter. Calar-se quando alguém nos ofende. Silenciar quando, no meio dos que maldizem, vence a maledicência. Tudo isso é revelador de luz na alma. E seu autor já tem Jesus no coração.
O Chico ofendido e nada respondeu. Bateram-lhe na face e ele ofereceu a outra, não revidando. E o ofensor, surpreso e até arrependido, exclamou-lhe:
– Você será mesmo Chico, de carne e osso? Por que não revida a ofensa?
– Porque – respondeu-lhe o Chico – depois o sofrimento virá em dobro para mim…
A senhora humildade, vestindo-se o espírito, deu-lhe força para resistir e inspiração para traduzir a vitória, que nos advém quando temos a felicidade de testemunhá-la.
O Ofensor desabafa o seu ódio e pensa-se vitorioso.
O ofendido, calando-se, sofre no momento para depois sentir-se, sim, com força moral para aconselhar e saber que foi o vitorioso com Jesus.
Do livro: ‘’Lindos Casos de Chico Xavier’’, de Ramiro Gama

Rapunzel

O clássico “Rapunzel”, dos Irmãos Grimm conta a história da jovem de longas tranças aprisionada em uma torre pela bruxa má. O diretor Leonardo Cassano se vale de cenários interativos, luz e sons que são os fios condutores do enredo. A peça emociona e cativa, destacando-se por efeitos especiais e bastante interação com a plateia. A produção, além de mágica, transmite uma mensagem aos pequeninos mostrando a força da amizade na construção de boas ações e da união que os torna mais fortes. O cenário inteligente e giratório permite à criança assistir, mergulhar no conto e contribuir para o andamento e desfecho da história. Com Cia. De Teatro Arte & Manhas.

Serviço: Iguatemi São Paulo – Teatro da Livraria Cultura, Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232, Jardim Paulistano, tel. 3048-7305. Domingo (3) às 14h, 16h e 18h. Entrada franca.

As vilãs

A peça O plano infalível das vilãs conta que certo dia, um encontro bastante inusitado aconteceu: as vilãs decidiram se reunir para acabar de vez com os contos de fada. A Madrasta de ‘Branca de Neve’ e Cruella dos ‘101 Dálmatas’ estão apavoradas com as vilãs se dando mal. Decidiram então mudar o desfecho e se tornarem boazinhas. Para isso, farão um plano para mudar a opinião de todos. Mas não é que elas terão muita dificuldade em não fazer maldades? Será que vão conseguir? Com Cia. De Teatro Arte & Manhas.

Serviço: Iguatemi São Paulo – Teatro da Livraria Cultura, Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232, Jardim Paulistano, tel. 3048-7305. Domingo (24) às 14h, 16h e 18h. Entrada franca.

Comédia

O espetáculo Que Deus Nos Sacuda! traz cenas curtas de humor, com a rapidez do mundo moderno e revela situações tão absurdas que até parecem com o dia a dia das pessoas. Com, Andresa Gavioli, Maritta Cury, Mauro Pucca e Renato Scarpin.

Serviço: Teatro Santo Agostinho, R. Apeninos, 118, Liberdade, tel. 3209-4858. Sábados às 20h30. Ingresso: R$ 50. Até 28/05.

Menino de madeira

O infantil Pinóquio conta a trajetória de Gepeto e seu boneco em diversas fases. Uma montagem que mescla atores, bonecos e teatro de sombra, mostrando a história do boneco de madeira que se vê em um universo fantástico com muitos desafios. Como será que ele vai se salvar da terrível baleia e ainda se livrar de um maluquinho, e um tanto quanto malvado, dono de circo? Essas e outras aventuras são embaladas ainda por trilha sonora especialmente composta para a montagem e cenários fiéis, que remetem ao interior da casa de Gepeto, passando pelo circo e pelo cenário inteligente do fundo do mar, que mescla o universo embaixo d´água com teatro de sombras.Com Cia. De Teatro Arte & Manhas.

Serviço: Iguatemi São Paulo – Teatro da Livraria Cultura, Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232, Jardim Paulistano, tel. 3048-7305. Domingo (17) às 14h, 16h e 18h. Entrada franca.

Ditadura

Dia 13 de abril estreia o espetáculo Sinal de Vida de Lauro César Muniz. A história acontece no fiinal dos anos sessenta, início dos setenta, o Brasil enfrentava a barbárie dos anos de chumbo da ditadura militar, é este o pano de fundo de “Sinal de Vida”. Marcelo Estradas, recebe a notícia da morte de Verônica Lima e atravessa a peça, procurando um Sinal de Vida da companheira. Meio aos conflitos de seus relacionamentos amorosos, se desenvolve o embate de ideias, que mesclam com a então esquerda ortodoxa frente às decisões da guerrilheira (Verônica Lima, que partiu para a luta armada e desapareceu, como tantos outros desta fase negra da nossa história. Com Beto Bellini, Deborah Graça, Dani Brescianini, Tatiana Passarelli, Fernanda Mamana, Dico Paz.

Serviço: Teatro Augusta, R. Augusta, 943, Cerqueira César. Quartas e quintas às 21h. Ingresso: R$ 50. Até 09/06.