Por que tantos brasileiros estão indo estudar e trabalhar na Irlanda?

Danilo Veloso (*)

Cada vez mais brasileiros estão desbravando as terras irlandesas. Em seis anos, o total de brasileiros no país chegou a quintuplicar – alcançando a marca dos 70 mil, segundo dados da Embaixada de Dublin. Cerca de 75% dos intercambistas do país são dessa nacionalidade, seguidos pelos mexicanos, com apenas 10% do total. Mas, o que torna este país tão atrativo, diante de tantos destinos internacionais?

Fora suas belezas naturais incontestáveis e a facilidade em conhecer muitas outras regiões europeias, aqueles que decidem vivenciar essa experiência no território poderão conquistar imensas oportunidades profissionais – estimulados, ainda, por benefícios que, muito dificilmente, encontrarão em outros países. Muitas vantagens aguardam todos que decidirem vivenciar essa experiência na Irlanda. Dentre tantas, veja as que mais brilham os olhos dos futuros intercambistas:

  1. – Aprendizado da língua estrangeira – Existem cerca de 88 escolas de inglês na Irlanda, espalhadas nas principais cidades do país. Fora esse amplo leque, todas as instituições recebem alunos dos mais diversos lugares do mundo, permitindo uma convivência e práticas de conversação entre diferentes sotaques. Para aqueles cujo foco é adquirir a fluência no inglês, o país é o destino ideal.
  2. – Oportunidades de emprego – A Irlanda é muito buscada por intercambistas que desejam conquistar uma oportunidade de emprego na região ou, ainda, adquirir a experiência e fluência necessária para melhores cargos no Brasil. Como incentivo, o país é um dos que oferece um dos maiores salário-mínimo de toda a Europa – permitindo que os estudantes consigam juntar uma boa reserva financeira ao longo de sua estadia.
  3. – Possibilidade de trabalho e estudo juntos – Bancar um intercâmbio nem sempre é fácil. Mas, na Irlanda, os estudantes podem conciliar seus cursos com inúmeras oportunidades de trabalho, de forma que consigam, em pouco tempo, recuperar todo o valor gasto e começar a juntar uma boa quantia. Existem vagas disponíveis tanto para meio período (20 horas semanais), quanto em período integral (40 horas semanais) na época de férias. Tudo isso, ganhando em euro!
  4. – Custo-benefício e duração do curso – Escolher a Irlanda como seu país de intercâmbio trará um enorme custo-benefício. Afinal, além da possibilidade de trabalhar durante os estudos, existem diversos tipos de programas disponíveis para os alunos – desde os mais curtos, de um mês ou seis meses, aos mais extensos, de dois anos. Basta escolher aquele que mais se encaixe em suas condições financeiras e objetivos.
  5. – Facilidade de viagem para a Europa – Por integrar a União Europeia, fica muito mais fácil viajar para qualquer país do continente ao estudar na famosa Ilha Esmeralda, enquanto o visto estiver válido. É possível encontrar muitas passagens por preços baixos e promoções constantemente – quem sabe, até mesmo para fazer um mochilão pelo território. – Fonte e mais informações: (https://promo.sedacollege.com.br/mentoria-exclusiva/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap