ISSN: 2595-8410 Contato: (11) 3043-4171

País tem um policial militar para cada 473 habitantes

A maior proporção de policial militar por habitante está no Distrito Federal (um para cada 194) e a menor, no Maranhão, um para cada 881.

Em 2013, o Brasil tinha 425.248 policiais militares, o equivalente a um policial para cada 473 habitantes, segundo dados do estudo Perfil dos Estados e dos Municípios Brasileiros 2014, divulgado pelo IBGE

O total de policiais civis era 117.642. Entre as unidades da Federação, a maior proporção de policial militar por habitante era no Distrito Federal (um para cada 194) e a menor, no Maranhão, um para cada 881. Menos de 10% do efetivo da Polícia Militar eram mulheres no país. Na Polícia Civil, o percentual era de pouco mais de 26%.
Conforme o estudo, em 2006, 14,1% dos municípios tinham Guarda Municipal. Em 2012, o percentual passou para 17,8%, e em 2014, para 19,4%. De acordo com a gerente da pesquisa, Vânia Pacheco, um dos requisitos para o município acessar o Fundo Nacional de Segurança Pública é ter uma Guarda Municipal, o que pode ter contribuído para o aumento desse efetivo nos últimos anos. “Os municípios vêm se aparelhando para ter essas guardas municipais para ter acesso a esses incentivos federais. E desses, em 19%, em 169 municípios, a Guarda Municipal utilizava arma de fogo”.
O estudo apontou que 90,3% dos municípios (5.030) oferecem testes de HIV e sífilis para gestantes, 81,3% promovem ações para a saúde sexual e reprodutiva das mulheres e 54,1% oferecem a Caderneta de Saúde do Adolescente. Em 2014, 70,6 mil pessoas trabalhavam nas equipes de Saúde da Família. Em 102 municípios, não havia médicos nessas equipes e 125 cidades declararam não ter Equipe de Saúde da Família.
Em 2014, todos os estados desenvolviam atividades para o acesso ao trabalho formal e à sustentabilidade. Entre os municípios, 98,7% tinham pelo menos uma ação de inclusão produtiva. Ao todo, 26 governos estaduais promovem ações de assistência técnica e extensão rural, sobretudo, para agricultores familiares, pescadores artesanais e aquicultores. A exceção foi o Rio de Janeiro, que não especificou o público-alvo.
Quase 91% das prefeituras implementaram alguma ação de inclusão produtiva urbana. As mais citadas foram qualificação (75,4%) e capacitação profissional (86,4%), padrão semelhante ao dos estados.
Os inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais, os beneficiários do Programa Bolsa Família e desempregados foram o principal público-alvo das ações das administrações estaduais e municipais relativas à inclusão produtiva urbana (ABr).

Urinar muito pode ser sinal de aumento da próstata

Os homens devem procurar um urologista assim que sentirem alterações no jato ou na frequência para urinar.

Urinar muitas vezes ao dia e à noite são sintomas comuns em homens com hiperplasia prostática benigna (HPB), mais conhecida como aumento benigno da próstata. A doença pode atingir 25% dos homens a partir dos 60 anos. No Centro de Referência em Saúde do Homem do Estado de São Paulo, unidade da Secretaria de Estado da Saúde, a doença representa 25% do total de atendimentos urológicos.
Os pacientes com sintomas graves de HPB são tratados na unidade com tecnologia de ultima geração. O procedimento a laser é minimamente invasivo e possibilita alta em poucos dias. A próstata aumentada ocorre principalmente em razão da idade ao longo dos anos, com o envelhecimento do homem. Quando essa glândula cresce, a uretra sofre uma pressão e o paciente passa a ter dificuldades para urinar. O HPB não é câncer e o aumento não representa risco para o surgimento do câncer de próstata.
Além de alterar a frequência para urinar, os pacientes com HPB apresentam sintomas como jato fraco e fino, esvaziamento incompleto da bexiga e incapacidade para controlar a vontade de fazer xixi. Infecções com sangue na urina também são complicações comuns para quem tem a próstata aumentada. “São sintomas que classificamos como irritativos e obstrutivos, e que atrapalham a rotina de trabalho e sono dos homens”, explica o urologista e coordenador do Centro de Referência em Saúde do Homem, Joaquim Claro.
O especialista orienta que os homens procurem um urologista assim que sentirem alterações no jato ou na frequência para urinar. “Na consulta é realizado exame físico com questionário que vai classificar a gravidade de cada caso, com solicitação de exames complementares para diagnóstico e na sequencia seguirmos com tratamento” reforça (SES).

Morales ordena que amarrem seus sapatos

Presidente da Bolívia, Evo Morales.

Um vídeo que mostra o presidente da Bolívia, Evo Morales, ordenando que um assessor amarre seus sapatos se tornou viral no país sul-americano e suscitou críticas dos opositores políticos do mandatário. Nas imagens, Morales aparece conversando com sua equipe durante uma visita a um ginásio esportivo e, enquanto saúda algumas pessoas, ele percebe que seu sapato esquerdo está desamarrado e ordena que um funcionário amarre. O homem então se ajoelha e “resolve o problema”, enquanto o líder continua conversando.
O ex-candidato presidencial Samuel Doria Medina postou em sua conta no Twitter que essa é a “igualdade que promove o socialismo do século 21”. Já o senador da oposição Arturo Murillo disse que o vídeo é um “ato de humilhação de um ser humano”. Uma fonte oficial citada pelo jornal “El Deber” afirmou que “por motivos de segurança” não é permitido que um mandatário se incline em público. O deputado governista Victor Borda levantou suspeitas sobre a veracidade do vídeo, gravado por um celular, já que “tudo pode ser editado”.
Morales é o primeiro presidente indígena da história da Bolívia e lidera diversos movimentos sociais que pedem a inclusão de seu povo na sociedade e a demarcação de terras. Ele está em seu terceiro mandato presidencial consecutivo e não exclui uma nova candidatura para 2019 (ANSA).

Papa: estilo de vida coerente com a defesa do meio ambiente

Francisco recebeu 3 milhões de peregrinos em Roma, em dois anos e meio de audiências gerais, Angelus e audiências especiais.

O papa Francisco pediu ontem (26) aos cristãos que assumam estilo de vida coerente com a salvaguarda “da criação”, numa nova intervenção em defesa do meio ambiente e contra o consumismo. Na centésima audiência geral de seu pontificado, perante multidão reunida na Praça de São Pedro, o pontífice reafirmou o apelo por uma mudança no modo de vida, feito em junho na encíclica Laudado si (Louvado seja), seis meses antes da conferência de Paris (COP21) sobre as alterações climáticas.
Pela primeira vez, católicos e ortodoxos vão promover, no sábado (22), um Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, a fim de contribuir, segundo o papa, “para a solução da crise ecológica que a humanidade está vivendo”. Iniciativas locais de oração e reflexão estão previstas e deverão fazer da jornada um “momento forte para que também possam ser escolhidos estilos de vida coerentes”, afirmou Francisco.
O Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, instituído pelo papa, vai ocorrer anualmente em 1º de setembro, data que já tinha sido fixada pela Igreja Ortodoxa. Na encíclica, o papa defende um modo de vida mais sóbrio e mais tranquilo, lembrando que os problemas ambientais estão intimamente ligados aos sistemas sociais, econômicos e ao domínio das finanças e da tecnologia. De acordo com o Vaticano, Francisco recebeu 3 milhões de peregrinos em Roma, em dois anos e meio de audiências gerais, Angelus e audiências especiais (Ag. Lusa).

Assassino de jornalistas era ex-repórter da emissora local

A polícia norte-americana identificou, no final da manhã de ontem (26), o suspeito de matar a dois jornalistas do canal WDBJ, uma emissora local do estado de Virginia, afiliada à rede CNN. A apresentadora e repórter Alison Parker, 24 anos, e o repórter cinematográfico Adam Ward, 27 anos, foram atingidos e morreram durante uma transmissão ao vivo para o telejornal matutino, de uma praça da cidade.
Segundo a polícia local o suspeito se chama Vester Lee Flanigan e era um ex-repórter da emissora. De acordo com canais de televisão locais, o suspeito tentou suicídio após o atentado. Ele foi capturado, mas está em estado crítico. Segundo fontes da WDBJ, ele usava o nome profissional de Bryce Williams. O atentado foi às 6h45, no horário local, e a câmera captou o momento em que os disparos foram feitos. De acordo com a polícia, o atirador disparou sete vezes contra os jornalistas, antes de fugir do local. As imagens capturadas pelo cinegrafista morto mostram também o homem que empunhava a arma (ABr).

Apesar da crise, 74% dos brasileiros querem mudar de emprego

A atual instabilidade econômica do Brasil ainda não é suficiente para mudar a forma de pensar da geração milênio, que pela primeira vez se depara com um cenário de retração no mercado de trabalho. Pesquisa da Michael Page realizada em junho revela que 74% dos brasileiros têm a intenção de mudar de empresa apesar da crescente taxa de desemprego no país, que alcançou 8,6% no segundo trimestre deste ano. A informação foi apresentada no People Connections, primeiro seminário de RH da AmCham Rio.
A geração milênio representa atualmente mais de 50% da força de trabalho ativa no mundo e, em 2025, contabilizará 75% do total, segundo pesquisas de mercado. A ascensão do novo perfil de profissional faz crescer também a preocupação com a fixação de talentos. “O jovem de hoje busca mais qualidade de vida do que segurança financeira. O tempo é a coisa mais valiosa que a gente tem”, afirmou Juliano Kimura, consultor em marketing digital do Grupo Mktrix, durante o evento.
De fato, segundo dados do LinkedIn, 77% dos talentos registrados na rede social corporativa são considerados migrantes passivos, ou seja, não estão ativamente à procura de um emprego, mas aceitam encarar novos desafios ao receberem propostas interessantes. Segundo Domingos Zuccherelli, gerente regional de vendas do LinkedIn, “vivemos atualmente na época da sociabilização e da troca de conhecimento”, realidade na qual as interações são rápidas, móveis e globais.

Rua Vergueiro, 2949, 12º andar – cjto 121/122
04101-300 – Vila Mariana – São Paulo - SP

Contato: (11) 3043-4171