58 views 13 mins

Geral 24/11/2016

em Geral
quarta-feira, 23 de novembro de 2016
O tráfico de vida selvagem ameaça a biodiversidade do planeta e coloca em perigo de extinção espécies como os elefantes.

Tráfico de animais é o quarto negócio ilegal mais lucrativo do mundo

O tráfico de vida selvagem ameaça a biodiversidade do planeta e coloca em perigo de extinção espécies como os elefantes.

Estima-se que entre 20 mil e 30 mil elefantes são abatidos por ano ilegalmente. Desde 2007, o comércio ilegal de marfim mais do que duplicou

O tráfico de vida selvagem ameaça a biodiversidade do planeta e coloca em perigo de extinção espécies como os elefantes, os rinocerontes e os tigres. O tráfico de espécies selvagens é, de acordo com a Comissão Europeia, o quarto negócio ilegal mais lucrativo do mundo, atrás apenas do tráfico de drogas, de seres humanos e do comércio de armas. Estima-se que o lucro anual da atividade gire em torno de 8 bilhões a 20 bilhões de euros.
O Parlamento Europeu debateu ontem (23), e vota hoje (24), um relatório que aborda a forma como a UE deve intensificar os esforços para combater o tráfico de espécies selvagens. “É mais fácil traficar marfim e chifre de rinoceronte do que drogas. O marfim é mais valioso do que a platina. [Os criminosos] enviam o marfim para a China e regressam da China com drogas ou armas. É por isso que é necessário que a UE trabalhe em conjunto. Precisamos que a Europol (Serviço Europeu de Polícia) lide com esse tipo de crime como um crime organizado”, afirma a eurodeputada britânica Catherine Bearder
Nos últimos anos, o tráfico de vida selvagem alcançou níveis sem precedentes e a procura global por fauna e flora selvagens e produtos derivados não para de aumentar, segundo informações do Parlamento Europeu. Em fevereir, a Comissão Europeia adotou um plano de ação para combater o tráfico de animais selvagens e destinou 700 milhões de euros para a aplicação do plano, entre 2014 a 2020. As prioridades são a prevenção do tráfico, a redução da oferta e da procura de produtos ilegais da fauna e da flora, a aplicação das regras vigentes e o combate à criminalidade por meio da cooperação entre os serviços de polícia competentes, designadamente a Europol.
Dados do Parlamento Europeu mostram que enquanto em 2007, na África do Sul, foram mortos ilegalmente 13 rinocerontes, em 2015 o número subiu para 1.175 animais abatidos. A maioria dos 20 mil rinocerontes ainda existentes no mundo está naquele país. Há um século, a estimativa é que a população de tigres no mundo chegava a 100 mil. Hoje, se resume a 3.500 animais. Os pangolins, uma espécie de tatu, são os mamíferos mais traficados do mundo. Esses animais são consumidos como alimento e suas escamas são usadas para fins medicinais. Estima-se que, entre 2007 e 2013, mais de 107 mil espécimes foram confiscados como contrabando (ABr).

Aquarius é indicado para melhor filme estrangeiro no Spirit Awards

Clara, a personagem de Sonia Braga, é a última moradora do prédio que batiza o filme.

O filme brasileiro Aquarius, do diretor pernambucano Kleber Mendonça Filho, foi um dos nomeados para concorrer na categoria de Melhor Filme Internacional, dos Independent Spirit Awards, o “Oscar” para o cinema independente nos Estados Unidos. Aquarius conta a história de uma jornalista aposentada que se nega a abandonar seu apartamento em frente a uma praia no Recife, apesar das pressões de uma construtora que quer ali construir um complexo imobiliário de luxo.
O filme brasileiro concorre com o grego ‘Chevalier’, o francês ‘My Golden Days’ e as coproduções Toni Erdmann, da Alemanha e Roménia, e ‘Under the Shadow’, do Iraque e do Reino Unido. O brasileiro Mauricio Zacharias disputa, ao lado de Ira Sachs, o prêmio de Melhor Roteiro pelo seu trabalho no filme norte-americano ‘Little Men’, que contra a amizade de dois meninos cujas famílias brigam devido a dinheiro.
O filme de terror ‘The Witch’, que tem produção do brasileiro Rodrigo Teixeira e de outros quatro produtores, concorre para Melhor Filme Estreante. Os filmes ‘American Honey’, sobre uma adolescente que viaja pelos Estados Unidos vendendo assinaturas de revistas, e ‘Moonlight’, que retrata a vida de um jovem negro em Miami, lideram nas nomeações, com seis cada. A cerimônia dos Independent Spirit Awards acontece amanhã (25), em Santa Monica, Califórnia (Ag. Lusa).

Poluição mata 467 mil pessoas na Europa todo ano

Apesar de estudos apontarem que a qualidade do ar está melhorando na Europa, a poluição continua sendo o principal fator ambiental de risco para a saúde humana, matando 467 mil pessoas por ano, de acordo com um relatório divulgado ontem (23) pela Agência Europeia para o Ambiente (EEA).
O documento, intitulado “Qualidade do Ar na Europa em 2016”, mostra que a poluição provoca mortes prematuras e reduz a qualidade de vida em todo o continente. O relatório foi divulgado no mesmo dia em que o Parlamento Europeu aprovou em Estrasburgo um projeto que introduz novos limites de emissão de gases causadores do efeito estufa para o período de 2020-2030.
Cerca de 85% da população europeia foi exposta a partículas PM2.5 em níveis considerados danosos para saúde pela Organização Mundial da Saúde (OMS). “É claro que os governos locais e regionais desempenham um papel central na busca por soluções”, disse o comissário europeu para o Meio Ambiente, Karmenu Vella (ANSA).

Mulheres vivem mais do que homens

A expectativa de vida das mulheres é maior que dos homens devido a uma possível diferença genética, de acordo com uma pesquisa cientifica. Publicado na revista da Academia Nacional de Ciências, o estudo, conduzido por um grupo de investigação internacional e coordenado por Fernando Colchero, da Universidade da Dinamarca do Sul, indica que, mesmo com o aumento da longevidade no mundo, o gênero masculino continua atrás do feminino em relação à expectativa de vida.
Uma das hipóteses é que a causa dessa diferença seja a genética. Os machos têm apenas um cromossomo X em relação às fêmeas, o que privaria eles de compensar eventuais anomalias genéticas superiores a que um cromossomo pode suportar. A vantagem das fêmeas sobre os machos é registrada em todos os primatas, no geral. “A desvantagem do macho se funde nas raízes da evolução”, explicou Susan Alberts, da Universidade Duke e uma das autoras do estudo (ANSA).

Promotor espanhol pede 2 anos de prisão para Neymar

Por corrupção nos contratos firmados com o Barcelona, Neymar pode ser punido.

A Procuradoria da Audiência Nacional da Espanha pediu ontem (23) uma pena de dois anos de prisão para o atacante Neymar por corrupção nos contratos celebrados com o Barcelona. O promotor José Perals também solicitou cinco anos de reclusão para o ex-presidente do Barcelona, Sandro Rossel, por corrupção e fraude e uma multa de 8,4 milhões de euros ao clube catalão.
No entanto, ele pede a absolvição do atual presidente, Josep Maria Bartomeu. O processo contra Neymar na Audiência Nacional foi reaberto em outubro, por ordem da quarta seção penal da Corte, após ter sido engavetado pelo juiz José de la Mata. A controvérsia deriva de uma causa aberta em 2015 pelo fundo de investimentos DIS, que tinha 40% dos direitos do craque.
A empresa diz ter sido prejudicada ao não receber nenhuma parte dos 40 milhões de euros pagos pelo Barcelona ao craque e seu pai em 2011 a título de prioridade na contratação. A quantia foi desembolsada sem o conhecimento da junta diretiva do clube, da DIS e do próprio Santos, com quem Neymar tinha contrato em vigor (ANSA).

Após vitória de Trump, Califórnia quer se separar dos EUA

Os partidários do movimento pela independência da Califórnia, batizado de “Calexit”, deram o primeiro passo para sua tentativa de secessão dos Estados Unidos ao apresentar uma proposta de um referendo a ser realizado em março de 2019 ao escritório do procurador-geral do estado americano.
O Calexit ocorre no mesmo ano em que a população do Reino Unido decidiu deixar a União Europeia, no histórico Brexit. A ideia da separação da Califórnia, no entanto, surgiu em 2014. E a vitória do republicano Donald Trump nas eleições presidenciais de 8 de novembro deste ano reaqueceu o sonho do grupo de tornar a Califórnia um país soberano e independente.
O estado foi um dos poucos onde a democrata Hillary Clinton teve a maioria dos votos. Além da insatisfação com a escolha de Trump, os partidários do “Calexit” afirmam que querem deixar os Estados Unidos já que, segundo eles, o seu estado seria a sexta maior economia do mundo, seus cidadãos pagam mais impostos do que recebem em retorno do governo norte-americano e seus habitantes são distintos culturalmente do resto do país.
O primeiro passo dos participantes da “Yes California Independence Campaing” foi apresentar um documento intitulado “Calexit: Plebiscito para a Independência da Califórnia em 2019” . Para que o mesmo seja aprovado, no entanto, deverá receber ao menos 500 mil assinaturas para que possa aparecer na cédula de votações das eleições estaduais de novembro de 2018.
Além disso, somente se ao menos 50% dos eleitores da Califórnia votarem no referendo e mais de 55% deles responderem “sim” à pergunta “a Califórnia deve se tornar um país livre, soberano e independente?” o documento terá validade. Se o plebiscito for aprovado e o “Calexit” receber a maioria, o grupo afirmou que solicitará a criação da “Nova República Independente da Califórnia” e a participação da nova nação na ONU.