56 views 12 mins

Geral 10/05/2016

em Geral
segunda-feira, 09 de maio de 2016

Terapia usada em cães pode ser passo para cura de câncer de pele em humanos

O tratamento já está sendo testado em câncer de pele humano.

Uma terapia desenvolvida pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (Inct) em Nanobiotecnologia, que cura um tipo de câncer de pele em cães, pode ser grande passo para a descoberta da cura de alguns tipos de câncer humanos

Nos testes clínicos feitos em cachorros, a terapia fotodinâmica, que envolve uma emulsão com uso de nanotecnologia e a aplicação de um fotossensibilizador, tem curado os tumores malignos, dispensando quimioterapia, radioterapia e cirurgia, que muitas vezes são mutiladoras.
“Nós conseguimos a cura do hemangiossarcoma cutâneo em sete cães que tiveram esse tratamento”, relatou a veterinária Martha Rocha, que desenvolve a técnica como trabalho de doutorado na Universidade de Brasília (UnB). A pesquisadora explica que a terapia consiste na aplicação de uma emulsão no tumor. A fórmula é ativada com o uso de um fotossensibilizador – no caso, uma luz vermelha que poduz radicais livres que matam as células cancerígenas.
De acordo com o coordenador do Inct em Nanobiotecnologia e orientador do projeto, Ricardo Bentes, o tratamento já está sendo testado em câncer de pele humano. “Estamos ajustando o fluido que será usado em pessoas. [É] uma questão de acertar detalhes como a estabilidade do produto e em que quantidade penetra para darmos como concluído”, disse ele.
Em humanos, o hemangiossarcoma é mais comum em órgãos internos, onde é difícil chegar com a luz. Porém, a técnica está sendo adaptada para a cura do carcinoma basocelular, comum em pele humana, e que atualmente pode ser curado principalmente com cirurgia, quimioterapia local e radioterapia. O próximo passo, segundo o pesquisador, será investir na adaptação deste tratamento para outros cânceres humanos – nos quais a luz possa alcançar – e patologias causadas por fungos e bactérias.
O especialista explica que além de matar as células do tumor, esee tratamento estimula a imunidade do organismo. “O que se busca em tratamento para câncer é a imunoterapia; é fazer com que o organismo reaja contra o câncer. Mas o que acontece quando você faz quimioterapia e radioterapia é o contrário: a imunidade cai. Nesse caso, se ficar alguma célula residual, o organismo está imunodeprimido, e o tumor pode voltar com tudo e vir até mais agressivo. O que a gente percebe com a terapia fotodinâmica é que ela faz uma imunoestimulação”, acrescentou (ABr).

Reabre a ‘Capela Sistina da Idade Média’ em Roma

A Igreja estava situada no local onde, há mais de mil anos, seria algo como é Manhattan em nossos dias.

A Basílica Santa María Antigua, considerada a “Capela Sistina da Idade Média”, reabiu no Foro Romano, no coração de Roma, após passar mil anos soterrada e ser submetida a um longo processo de restauração de três décadas. Em um testemunho único da arte sacra da Idade Média e centro de afrescos de séculos VI a VIII, a Basílica foi quase totalmente recuperada e é considerada uma das igrejas romanas mais antigas, apesar de ter sido destruída por um terremoto.
Consagrada no princípio do século VI, a igreja foi erguida sobre parte do palácio de Diocleciano, três séculos depois do imperador Constantino I, o Grande, converter-se ao cristianismo, com o Édito de Milão de 313. Composta por três naves, a Santa María Antigua conserva quatro camadas de pinturas sobrepostas durante quase três séculos, em um total de 250 m² que ocupavam toda a superfície, incluindo as colunas, com ciclos dedicados a santos e a 40 soldados cristãos romanos condenados por sua fé.
Devido a um terremoto ocorrido no ano de 847, a igreja ficou parcialmente destruída e foi enterrada para servir como cimento para a igreja barroca de Santa María Liberadora. Em 1900, o arqueólogo Giacomo Boni descobriu o oratório da igreja e decidiu derrubar a Santa María Liberadora para ter acesso ao local. Considerada a “Capela Sistina” da Idade Média, a igreja conserva tesouros e relíquias, como um quadro da Virgem Maria. Fechada por décadas, a igreja foi reaberta neste mês ao público, em uma ocasião única para os peregrinos do Jubileu da Misericórdia, convocado pelo papa Francisco (ANSA).

Petrobras antecipa financiamento de US$ 1 bilhão

A Petrobras informou ontem (9), em nota oficial, a antecipação de financiamento de US$ 1 bilhão junto ao banco de fomento à importação e exportação da China. Na nota, a estatal informa ter assinado “um Termo de Compromisso com o China Exim Bank (Export-Import Bank of China) contendo os principais termos e condições para um financiamento de US$ 1 bilhão.”
A Petrobras informa, ainda, que “já foi iniciada a negociação do contrato definitivo do financiamento, que representa uma antecipação da captação de recursos prevista para 2017”. O acordo está relacionado a contratos de fornecimento de equipamentos e serviços, já firmados pela Petrobras com fornecedores chineses, para atendimento aos projetos da companhia previstos no Plano de Negócios e Gestão 2015-2019.
Segundo a Petrobras, a operação faz parte da estratégia financeira da Petrobras de diversificar suas fontes de financiamento (ABr).

Morreu último sobrevivente de Pearl Harbor

Divulgação

O japonês Kaname Harada, o último sobrevivente do ataque de Pearl Harbor, morreu aos 99 anos de idade, em Nagano, informou o jornal norte-americano “The New York Times”. Segundo a publicação, o ex-militar faleceu na última terça-feira e o acontecimento foi confirmado por sua filha Chiyoko Tanaka. Piloto de caça da aviação japonesa, Harada era considerado um mito dos céus. No entanto, depois da guerra, tornou-se um pacifista, não escondendo o remorso pelas vítimas do conflito.
Em 1933, quando tinha 17 anos de idade, Harada se voluntariou à Marinha japonesa e virou piloto. Durante sua carreira, ele foi protagonista do abatimento de dezenas de aviões chineses, britânicos e norte-americanos. Ferido em 1942, quando sua aeronave caiu nas Ilhas Salomão, Harada voltou para o Japão e se tornou treinador de kamikazes em missões suicidas contra norte-americanos.
Depois da guerra, trabalhou como agricultor e visitou novamente Pearl Harbor em 1991 para participar das cerimônias de 50 anos da batalha. O ataque a Pearl Harbor foi uma operação aeronaval japonesa contra a base norte-americana na manhã de 7 de dezembro de 1941 e marcou a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial (ANSA).

Governo propõe a criação de cinco universidades federais

A presidenta Dilma Rousseff assinou ontem (9) projeto que cria mais cinco universidades federais. A cerimônia de assinatura foi no Palácio do Planalto e o projeto será encaminhado ao Congresso. Pela proposta, serão criadas em Goiás, as universidades de Catalão e Jataí; no Piauí, a do Delta do Parnaíba; no Tocantins, a do Norte do Tocantins e, em Mato Grosso, a de Rondonópolis. Segundo o Ministério da Educação, as novas universidades deverão se juntar às 63 existentes.
“Queria destacar que as cinco universidades que acabamos de criar são muito importantes para as regiões do país. Há um esforço para interiorizar as universidades do nosso país”, afirmou Dilma. Durante a cerimônia no Palácio do Planalto, a presidenta também anunciou a inauguração de 41 campi de institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Dilma ainda assinou o decreto de convocação da terceira edição da Conferência Nacional de Educação, a Conae 2018 (ABr).

Extradição de ‘El Chapo’ para os EUA

A justiça mexicana autorizou ontem (9) a extradição para os Estados Unidos do narcotraficante Joaquín “El Chapo” Guzmán, preso no último dia 8 de janeiro, após seis meses de fuga. No último fim de semana, o criminoso já havia sido transferido sem aviso prévio a uma penitenciária de Ciudad Juárez, município do norte do México que fica grudado em El Paso, já no estado norte-americano do Texas.
El Chapo é alvo de processos na Califórnia por formação de quadrilha e narcotráfico, e sua extradição ainda depende de uma decisão do governo mexicano, embora isso seja dado como certo. Logo após a captura do criminoso, o presidente Enrique Peña Neto havia prometido fazer de tudo para garantir sua expulsão.
Ex-chefe do cartel de Sinaloa, El Chapo foi preso no último dia 8 de janeiro, seis meses depois de sua fuga cinematográfica da penitenciária de segurança máxima Altiplano I, na qual usou um túnel de 1,5 km. Ele chegou a ser considerado o segundo homem mais procurado do mundo, atrás apenas do fundador da Al Qaeda, Osama bin Laden (ANSA).