Quer morar em Portugal? Vá com um emprego certo

Em busca de qualidade de vida, segurança e melhores condições financeiras, muitos brasileiros estão procurando emprego em Portugal. Há vagas disponíveis, tanto em Lisboa como nas cidades do interior. Além disso, o fato do idioma ser o mesmo e as semelhanças culturais tornam o pequeno país um lugar muito atrativo para quem já perdeu a esperança no Brasil e sonha com uma vida melhor.

De acordo com dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de Portugal, os brasileiros correspondem a maior comunidade estrangeira em solo lusitano. Eles representam 20,3% do total de 421.711 imigrantes que vivem no país. Portanto, há pouco mais de 85 mil cidadãos brasileiros legalizados. Esse número, por sua vez, não considera quem possui cidadania portuguesa ou nacionalidade de outro país da Europa.

No entanto, este não é um processo fácil. É necessário o suporte de uma agência de empregos especializada em estrangeiros para que todo o trâmite de imigração seja feito de forma tranquila e sem transtornos, como orienta o CEO da Relations & Solutions Enterprise (RSE), Bruno Ferreira: “Vou contar uma situação que aconteceu com um casal oriundo de São Paulo. Eles chegaram em Portugal com visto de turistas, com validade apenas para 90 dias. Enfrentaram imensas dificuldades desde que chegaram em Portugal.

Foi muito difícil arrumar um emprego na área que eles desejam e ainda por cima faltavam documentos para que eles a estadia deles pudesse ser regularizada. Com a falta deles, as empresas dificilmente abrem as portas e eles tiveram que optar por um trabalho que não era o que eles queriam. Infelizmente muitas empresas se aproveitam dessa situação e oferecem baixos salários para estes profissionais”.

Outro desafio encontrado, lembra Bruno, é a dificuldade ao sistema de saúde: “Sempre que ficavam doentes eles tinham que ir ao hospital e pagar taxas caríssimas para serem atendidos. Muitas vezes acabavam ficando doentes e nem iam mais ao médico, pois sabiam o que podia acontecer”. Além disso, outros desafios foram encontrados em atividades rotineiras e simples, como abrir conta em banco, solicitar crédito ou encontrar moradia.

“É muito difícil para quem chega em Portugal sem as devidas instruções o aluguel de um imóvel. No caso deste casal, por exemplo, tive que ser fiador deles para que eles conseguissem alugar um apartamento”. Hoje, dois anos após a chegada em Portugal, o casal já conseguiu a documentação necessária para viver na Europa, mas arrepende de ter feito a viagem ser um suporte de uma empresa especializada em fornecer esta consultoria.

Por outro lado, Bruno Ferreira conta a história de um outro casal brasileiro, que antes de embarcar tomou todos os cuidados necessários. “A empresa prestou atendimento em todos os trâmites legais da viagem deles, desde a orientação para conseguir os documentos exigidos na legislação portuguesa, dando inclusive apoio a encontrar um alojamento e ajuda a encontrar o emprego que eles necessitavam”, explica. Assim, através de equipes especializadas, Bruno destaca que o apoio da agência foi primordial para este casal encontrar o melhor caminho para chegar em Portugal com o pé direito.

“Procure emprego através de profissionais que sabem onde estão as vagas nas melhores empresas, saibam onde estão os melhores imóveis com valores acessíveis, os documentos necessários para ter o visto permanente de moradia. Tudo isso vai facilitar a vida e assim poderá sair de seu país de origem sem preocupações”. Os dois exemplos citados acima mostram o desafio de quem deseja iniciar a vida em Portugal. “Certamente um é mais fácil do que o outro, basta saber fazer a melhor opção e se preparar antes, assim certamente os sonhos e as conquistas em terras lusitanas serão alcançados mais rapidamente”, finaliza Bruno Ferreira. Fonte: MF Press Global.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap