Linguagem não verbal: o impacto visual na hora das vendas

Bianca Ladeia (*)

Quando um cliente chega até você interessado em adquirir um serviço ou produto, o seu poder de persuasão – por meio da associação de bons argumentos à demonstração da real vantagem de adquirir aquilo – é o que o fará fechar a venda. No entanto, tem um elemento que pode ser um facilitador nesse processo: a linguagem não verbal. Esse tipo de comunicação diz respeito a linguagem corporal, ou seja, a forma de expressão que não se prende apenas à voz, abrange também a postura e o visual.

Ao argumentar com um cliente para uma possível venda, ele não estará prestando atenção apenas no que está sendo dito pelo vendedor, mas na maneira como está sendo falado, nos gestos que estão sendo feitos, na expressão facial e inclusive na roupa e no cabelo desse profissional. Todo esse conjunto de elementos passam impressões para o cliente, que serão pontos decisórios para sua compra ou não.

Sabendo disso, é estratégico por parte do vendedor alinhar esses aspectos antes de realizar a abordagem com o possível cliente. O impacto visual na hora das vendas é tão grande e faz tamanho diferença porque somos seres visuais, captamos o mundo pelos olhos e criamos conclusões no nosso subconsciente a todo momento. E, sendo assim, para ter sucesso na negociação, o vendedor precisará então garantir que sejam captadas as conclusões certas, e os elementos visuais adequados podem ajudá-lo nisso.

Um cliente, ao ver o vendedor com um visual alinhado, que demonstra cuidado e atenção com sua própria imagem, e com uma postura aberta e receptiva – na qual realmente aparenta estar ouvindo e prestando atenção nos sinais que o cliente está emitindo através de gestos e expressões ao longo do diálogo – se sentirá muito mais aberto para ouvir o que o vendedor tem a dizer e fazer negócio com ele. Diferente se o profissional estiver com roupas e cabelos desleixados e mal olhando para os olhos do cliente enquanto conversam.

Parecem detalhes, mas não são. Ter esse cuidado pode ser o diferencial para um vendedor começar a aumentar seu número de vendas e alcançar novos clientes. Por isso, aprender a usar a linguagem não verbal e se atentar à própria imagem é tão importante e o ponto de ajuste que pode estar faltando para alavancar a carreira de vez.

(*) – Especialista em Gestão de Marca Pessoal e Comportamento, é responsável pela transformação de uma série de executivos e empreendedores de sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap