362 views 3 mins

Guia para estimular transparência em diversidade nas empresas brasileiras

em Espaço empresarial
terça-feira, 22 de agosto de 2023

O LAB (Laboratório de Inovação Financeira) lançou o “Guia para Transparência em Diversidade nas Empresas Brasileiras”. Elaborado em parceria com a ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) e a Goldenberg Diversidade & Inclusão, o documento reúne orientações práticas para a coleta e o tratamento de informações sobre diversidade dentro das companhias.

“O Guia traz orientações práticas significativas, capazes de auxiliar as empresas a levantarem estatísticas de diversidade e inclusão de maneira respeitosa e com proteção de dados pessoais. Muitas vezes as empresas querem fazer, mas não sabem como. O Guia é um excelente instrumento, que pode auxiliar tanto na construção de conhecimento, quanto na busca pela melhor qualidade da informação prestada na promoção da diversidade.”, explica Nathalie Vidual, superintendente de Proteção e Orientação a Investidores da CVM, uma das entidades gestoras do LAB, ao lado da ABDE, BID e GIZ.

A publicação trata da importância da transparência em dados sobre diversidade, abordando desde os impactos moral, legal e econômico do tema até como elaborar uma pesquisa corporativa, passando por tendências internacionais, questões regulatórias e de privacidade de informações.

“Diversidade e inclusão são pautas de negócios e precisam ter indicadores claros para mensurar avanços no longo prazo. Ao trazer orientações sobre como construir e tratar esses dados, o guia dá ferramentas para que as empresas consigam traçar metas e objetivos concretos para fazer a gestão dos programas de diversidade, equidade e inclusão”, afirma Marcelo Billi, superintendente de Sustentabilidade, Inovação e Educação da ANBIMA.

O guia não traz recomendações exaustivas, mas, sim, pretende estimular o debate entre as instituições do mercado sobre caminhos possíveis para ampliar a inclusão dentro das empresas. O intuito é que a adoção das práticas propostas contribua com a evolução dos atuais indicadores sobre o tema nos mercados financeiro e de capitais.

O material também dá suporte às empresas de capital aberto no cumprimento da Resolução CVM 59, regra que busca ampliar a divulgação de informações relacionadas aos critérios ESG (ambientais, sociais e de governança, na sigla em inglês), incluindo indicadores relacionados à diversidade, considerando a identificação autodeclarada de gênero, cor e raça de colaboradores das empresas brasileiras (https://labinovacaofinanceira.com/wp-content/uploads/2023/08/LAB-Publicacao-Guia-para-Transparencia-em-Diversidade-nas-Empresas-Brasileiras.pdf).