Senado estima redução do pico da dívida pública

Relatório divulgado pela Instituição Fiscal Independente (IFI), órgão auxiliar do Senado, prevê queda no pico da dívida pública. Na projeção anterior, divulgada em maio, a instituição previa para 2025 o pico da dívida, que ficaria em 85,5% do PIB. Agora, o ponto mais alto da dívida está projetado para 2024, em 80,7% do PIB.

“Isso tem a ver com as devoluções do BNDES, com o crescimento econômico um pouco maior projetado, a evolução das receitas”, explicou Felipe Salto, diretor-executivo do IFI. Segundo o relatório, o BNDES deve devolver ao Tesouro Nacional R$ 124,76 bilhões até o fim do exercício de 2019.

Salto também citou a importância de se discutir e avançar no trâmite das PECs apresentadas pelo governo federal no início de novembro. Ele se refere à chamada PEC do Novo Pacto Federativo, a da Emergência Fiscal e a dos Fundos Públicos. Para ele, os projetos precisam ser discutidos com profundidade durante a tramitação, pois as propostas apresentam contradições (ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link