98 views 4 mins

Saiba como superar o medo de empreender

em Destaques
sexta-feira, 24 de fevereiro de 2023

Empresário explica principais razões que levam à insegurança no início de um negócio e dá dicas para superá-las

Iniciar um negócio é o sonho de muitos brasileiros, mas vários empresários acabam se deparando com questões voltadas ao medo e à insegurança no início de um novo empreendimento. Por que isso acontece?

De acordo com Cleber Brandão, especialista em negócios de produtos naturais, gestão de lojas e empreendedor focado no varejo, existem muitas crenças relacionadas ao empreendedorismo que têm origem especialmente na infância e são carregadas ao longo da vida.

“Há muitos casos de pessoas que foram muito protegidas na infância, na adolescência. São aquelas histórias onde os pais tinham muito medo de que acontecesse alguma coisa e protegiam os filhos de forma exacerbada. Sabemos que pais superprotetores acabam deixando seus filhos inseguros, por mais que a pessoa seja bem treinada nas escolas e estude empreendedorismo a fundo”, analisa.

Para o especialista, algumas inseguranças apresentadas, como medo de dar errado, de ser julgado ou de perder o investimento, acaba prendendo o potencial empresário e impedindo que ele dê os primeiros passos necessários.

“Para lidar com o medo, o empreendedor tem que saber que vai errar, que vai ter problemas e já se preparar para imprevistos, sejam financeiros ou emocionais”, explica.

Brandão afirma que cada um é reflexo das cinco pessoas mais próximas e que o medo também pode vir das pessoas com quem se convive ou conviveu.

“Talvez o pai ou a mãe do empreendedor conviveram com pessoas que abriram negócios e fracassaram por falta de qualificação, experiência, informação. E talvez esses pais passaram a dizer que abrir um negócio é ruim e que ganhar dinheiro é ruim porque as pessoas ricas passam a perna em outras pessoas, porque o dinheiro é sujo etc.”, reflete.

O especialista afirma que existem crenças que limitam e empoderam um medo que não é da pessoa em si. “Não nascemos com medo, a sociedade nos construiu. Para perder o medo de empreender é preciso uma desconstrução. Ou seja, pode ser preciso mudar de ambiente, me distanciar um pouco das pessoas com quem convivo, do tipo de conteúdo que consumo. Quem você está seguindo? São pessoas que te empoderam?”, questiona.

Brandão explica que o medo não vai deixar a vida do empreendedor, pelo contrário, ele é importante para proteção, só não pode travar as possibilidades existentes. “É preciso respeitar o medo e estar mais conectado com histórias de superação para deixá-lo de lado. Sabemos que histórias ruins vendem mais que histórias boas, então você terá que escolher bem o que segue. Quando você está conectado com gente que tem resultados, você se empodera e reduz qualquer medo”, conclui.