84 views 5 mins

Recrutamento e seleção: como contratar?

em Destaques
sexta-feira, 15 de dezembro de 2023

Érico Almeida (*)

Você já ouviu falar que há muitas vagas no mercado, mas poucos profissionais para ocuparem esses cargos? Infelizmente, essa vem sendo uma realidade enfrentada pelas organizações que, cada vez mais, têm dificuldade em recrutar talentos.

Como prova disso, de acordo com uma pesquisa do ManpowerGroup, 80% dos empregadores brasileiros registraram essa dificuldade em 2023. Tendo em vista esse cenário desmotivador que se formou, uma boa alternativa é contar com o apoio e empresas especializadas no serviço de recrutamento e seleção.

É importante destacar que essa dificuldade não é uma realidade apenas vivenciada no Brasil. Ainda de acordo com a pesquisa, a média global desse apontamento é de 77%, o que na prática representa uma dificuldade sentida em 4 a cada 5 empregadores no mundo. Esse desafio se tornou mais evidente, à medida que novas aspirações profissionais passaram a perpetuar nos objetivos e expectativas de um talento quanto ao seu ingresso em determinada organização.

Normalmente, o setor da empresa responsável por fazer processos seletivos é o RH. Por sua vez, executar essa tarefa vem sendo cada vez mais desafiadora, uma vez que se tornou amplamente difícil conciliar as diversas funções da área, juntamente a missão de localizar e avaliar profissionais que tenham habilidade comportamental que venha ao encontro dos objetivos da organização.

Deste modo, contratar uma empresa especializada em recrutamento e seleção torna-se viável. Afinal, essa consultoria é responsável por identificar e trazer talentos, filtrar as opções de acordo com o buscado pela companhia, bem como acompanhar todas as etapas de contratação do início ao fim. Sendo assim, destaco oito aspectos que precisam ser analisados na hora de contratar esse serviço:

1.- Eficiência: a empresa em questão deve ter agilidade em identificar aquilo que a organização está buscando, e avaliar dentre as opções o perfil que melhor se adeque aos objetivos destacados.

2.- Atração e retenção de talentos: a prestadora possui um banco de talentos atualizado? É crucial que a empresa em questão apresente uma gama de perfis, e retenha esses profissionais para eventuais oportunidades, a fim de atender com precisão as demandas que surgirem.

3.- Redução de custos: o quanto as companhias deixam de lucrar ao contratar profissionais que não se encaixam ao perfil da vaga? Deste modo, a empresa de recrutamento e seleção deve auxiliar na eliminação desses custos, uma vez que irá atender com precisão o que foi solicitado.

4.- Habilidade e flexibilidade no processo seletivo: é fundamental que a companhia tenha estabelecidos métodos de recrutamento adaptáveis, levando em conta fatores como horário e meios de comunicação – essa flexibilização favorece na abordagem e retenção do talento que se sente compreendido.

5.- Alinhamento: mais do que oferecer opções, é essencial que seja entregue aquilo que está sendo buscado pela contratante. Para isso, torna-se imprescindível o investimento em conhecimento técnico para fazer a melhor avaliação.

6.- Inovação durante o recrutamento: no ato da seleção, é importante que seja despertado no candidato o senso de pertencimento, para que ele se sinta engajado e motivado em integrar o time.

7.- Integridade, responsabilidade, igualdade e paixão: a empresa de recrutamento deve trabalhar com esses pilares e, sobretudo, avaliar se o profissional selecionado também tem interiorizado esse comprometimento.

8.- Excelência e simplicidade nos processos: é importante que o recrutamento seja realizado de forma simples, e todas as partes estejam alinhadas. Além disso, é fundamental que o trabalho prestado seja feito com êxito e qualidade, transmitindo maior segurança e tranquilidade.

Ao olharmos para a nossa realidade atual e as perspectivas do próximo ano, é válido as organizações considerarem a contratação do serviço de recrutamento e seleção. O investimento nessa modalidade torna-se vantajoso, considerando os ganhos que a empresa passa a obter com a maior agilidade e assertividade ao contratar talentos.

Com esse apoio, a empresa pode se dedicar com maior empenho a atividades de treinamento e capacitação da equipe, ampliando ainda mais o desempenho e potencial de cada membro. Afinal, a melhor forma de atravessar tempos difíceis é investir em medidas estratégicas e cabíveis.

(*) – É sócio-gerente do Grupo Skill (https://gruposkill.com.br/).