Produção da Volks é a menor em 25 anos

Dona de um dos maiores parques industriais do Brasil, a Volkswagen terminou o ano passado com o menor nível de produção em 25 anos, mostram dados publicados ontem (6), pela Anfavea.

A montadora, que tem sido a mais afetada pela queda na venda de veículos, também foi prejudicada por atrasos e interrupções no fornecimento de peças em diversos momentos de 2016, vendo-se obrigada a trocar de fornecedor.
A empresa alemã, que tem três fábricas espalhadas pelo Brasil e que em 2010 chegou a produzir cerca de 1 milhão de veículos leves (automóveis e comerciais leves), fabricou menos de um terço disso em 2016, ou seja, 324,8 mil unidades. Volume menor que esse só em 1991, quando foram produzidos 287,3 mil veículos leves. Em relação a 2015, quando a produção atingiu 422,5 mil unidades, a queda é de 23%, a maior retração entre as principais montadoras.
Um dos motivos foi o fato de que suas linhas de montagem se concentraram em veículos populares, voltados ao consumidor de menor renda. Este evitou fazer esse tipo de compra durante a crise econômica, período no qual o desemprego atingiu níveis recordes, e os bancos, com medo da inadimplência, ficaram mais rigorosos na aprovação de financiamentos. Além disso, atrasos no fornecimento de bancos por parte da empresa Keiper, do grupo Prevent, obrigaram a Volkswagen a interromper a produção em diversos momentos. A montadora estimou que as interrupções forçadas impediram a produção de cerca de 150 mil veículos (AE).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap