75 views 7 mins

Oito tendências que prometem revolucionar o setor de telecomunicação

em Destaques
quinta-feira, 20 de abril de 2023

Glaucia Vieira (*) e Juliana Najara (**)

Investir em tecnologia vem sendo a peça fundamental para que os negócios sobrevivam em meio aos avanços da transformação digital.

Tais mudanças impactaram diversos setores, entre eles o de telecomunicação que, à medida em que consolida o seu desempenho, também abre margem para a chegada de novas tendências que prometem revolucionar ainda mais o segmento. Pode até parecer um tema já batido, mas sim, a pandemia provocou tamanha aceleração digital nas empresas que, atualmente, não há outra alternativa a não ser se adaptar.

Entretanto, diversas novidades chegam a todo instante, o que evidencia a necessidade e importância de se manter atualizado. E, em se tratando do setor de telecomunicações, essa ação é ainda mais necessária. As expectativas de crescimento da área seguem altamente promissoras. De acordo com a Conexis Brasil Digital, a expectativa é que o segmento mantenha os níveis de investimentos na média anual acima dos R$ 35 bilhões em 2023.

Certamente, para que esse resultado seja atingido, a tecnologia terá um papel de extrema importância. Sendo assim, confira as principais tendências para o setor que estão em destaque:

  1. – Redes 5G, 6G e 7G – É aquela velha história, temos a sensação de que enquanto o mundo está voando, estamos patinando. É fato que a chegada do 5G agitou o setor em 2022. Porém, a expansão no país segue em ritmo lento, esbarrando em obstáculos como falta de infraestrutura e legislações municipais para o modelo de conexão.

Enquanto isso, outras partes do mundo já se preparam para a chegada do 6G a partir de 2030, sendo uma rede que garante até 1TB de velocidade, reduzindo ainda mais gatos com energia. Na sequência, a rede 7G, prevista para 2040, também já está no radar, prometendo ainda mais agilidade.

  1. – Mobilidade – Acessibilidade e velocidade são aspectos imprescindíveis. Sendo assim, a criação de aplicativos mais inteligentes, que potencializem o acesso à internet via aparelhos móveis entregando resultados excepcionais, também estão no escopo daquilo que vem sendo altamente investido.
  2. – Drones – Embora sejam equipamentos relacionados à aspectos negativos, o seu uso vem entregando resultados promissores para fins logísticos e de segurança, uma vez que podem ser atribuídos para monitoramentos de cargas, efetuar o envio de informações para as bases e, assim, reduzir a exposição humana a riscos.
  3. – Inclusão digital e ESG – Investir em diversidade e inclusão está entre os princípios do ESG. Deste modo, já está em criação o desenvolvimento de soluções que, a partir do uso da internet, oferecem informações de cunho social em aspetos climáticos, situações de riscos e gerenciamento de casa inteligente através da IOT, de forma prática e inclusiva.

Esses recursos ajudam na maior acessibilidade e diversidade, permitindo a inteiração de todos nesse processo.

  1. – Saúde – A ampliação de cirurgias feitas por robôs já uma realidade. O que vemos é o aperfeiçoamento dessa prática em função do apoio da tecnologia, auxiliando na obtenção de dados e melhor acompanhamento.
  2. – Fyber to room – Esse recurso trata-se do acesso à rede de fibra conectada remotamente via IOT. Seja para fins domiciliares ou empresariais, esse serviço garante que todo o espaço esteja altamente conectado, facilitando a emissão de dados e registros, bem como a comunicação entre as demais áreas.
  3. – Internet móvel – Mais do que ter o sinal, a ideia de levar a internet para todo lugar também é uma forte tendência. Já existe a possibilidade de, através de aparelhos externos, levar o sinal da banda larga com alta velocidade para onde quiser, sem ficar preso unicamente a apenas um recurso.
  4. – Novos dispositivos – Já se foi o tempo em que os celulares eram apenas para fins de comunicação. Atualmente, são utilizados como ferramentas de trabalho e, cada vez mais, estão incorporando uma gama de recursos em seus sistemas operacionais que viabilizam ainda mais o seu uso.

Todas essas tendências possuem em comum o fato de terem a internet como seu fio condutor, o que favorece ainda mais o setor de telecomunicação.

Mas, o fato de o Brasil ser um país vasto em território e, ao mesmo tempo, distante geograficamente dos demais continentes que desenvolvem tais tecnologias, acaba gerando um desafio ainda maior de se manter ativo diante do surgimento de novos recursos.

Deste modo, é essencial estar sempre de olho naquilo que é novidade e tendência no mercado, alinhando estratégias que permitam inserir essa realidade no próprio modelo de negócios – tais como investir em parcerias e fazer jus ao mundo globalizado em que vivemos hoje.

Se podemos tirar uma vantagem de estar um passo atrás por sermos um país emergente, é o fato de termos um espelho para nos inteirarmos e nos prepararmos para a chegada dessas tecnologias. Mas, para isso, é importante sempre haver um movimento de busca de insights que farão total diferença na gestão e crescimento.

(*) – É sócia proprietária da G2, consultoria especializada em SAP Business One. (**) – É gerente de produtos da G2 Tecnologia (https://g2tecnologia.com.br/).