Novos atrasos em pagamentos do Minha Casa Minha Vida

O governo voltou a atrasar pagamentos às empresas participantes do programa habitacional Minha Casa Minha Vida (MCMV), de acordo com representantes do setor da construção civil.

A insatisfação com o problema que, segundo os executivos, já se tornou recorrente e tem aumentado as discussões a respeito de uma possível paralisação de obras, embora nenhuma decisão nesse sentido tenha sido tomada ainda.
O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção, José Carlos Martins, afirmou que o governo ainda não quitou obrigações em outubro ou notificou as empresas sobre os planos para futuros pagamentos. De acordo com o executivo, a ausência de pagamentos e de informações acendeu o sinal de alerta dos empresários, pois isso difere dos acordos firmados entre governo e entidades da construção.
“Nós aceitamos um novo cronograma de prazos de pagamentos e de ritmo de obras, mas eles o governo não pagaram no prazo. O fluxo de pagamentos que propuseram não foi cumprido”, afirmou o executivo, que estima um volume em atraso de, pelo menos, R$ 800 milhões a R$ 1 bilhão. O executivo contou que alguns empresários já estão ameaçando paralisações nas obras, caso o problema não seja solucionado (AE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link