Mercado de educação profissionalizante deverá ser tendência pós-pandemia

Ir em busca de capacitação profissional se tornou algo primordial nos últimos meses para enfrentar essa crise ocasionada pela pandemia. A busca por capacitação tornou algo muito evidente, principalmente para os milhões de brasileiros que ficaram desempregados e estão em busca de uma nova recolocação no mercado de trabalho que agora ficou ainda mais concorrido.

Especialistas acreditam que o mercado de educação profissionalizante continuará como tendência no pós-crise devido ao fortalecimento que o segmento criou neste ano levando em conta que as pessoas se tornaram mais abertas a ampliarem os conhecimentos. Principalmente por ter sido uma oportunidade de autoconhecimento no campo pessoal e profissional. Por isso, negócios voltados a esse segmento estão muito otimistas com esse novo cenário.

E é apostando nisso, que a rede de franquia Via Certa Educação Profissional busca a expansão dos negócios através do sistema FDA (Franqueado Desenvolvedor de Área), também conhecido como máster-franqueado. Esse profissional é como um “braço da franqueadora”, que possibilita comercializar novas operações, bem como transmitir todo know-how de implantação e operação dos produtos e serviços de uma franquia.

Jilo Shimada, diretor de expansão da franquia, conta que o foco para trabalhar com o sistema FDA é a nível Brasil e acredita que o Sudeste tem as melhores oportunidades. Por ser uma rede nascida em Birigui, interior de São Paulo, há grandes vantagens de abrir um negócio próximo à franqueadora, principalmente pela referência na região. Com isso, a Via Certa está de olho nos estados de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, região da Grande SP, bem como Ribeirão Preto, São Carlos e Sorocaba, além do estado do Paraná.

Shimada acredita que ainda há algumas regiões Brasil que são carentes dos serviços profissionalizantes, como o Centro Oeste, Norte e Nordeste. Mas que há grande potencial para receber um modelo de negócio como a Via Certa. “Por isso estamos apostando no sistema de FDA. Isso possibilita expandir os negócios, e levar a rede para áreas mais remotas, com um ensino profissionalizante de qualidade e que esse profissional de FDA possibilitará estar mais próximo e presente em regiões distantes da franqueadora”, avalia Shimada.

O negócio possibilita um rendimento maior que um franqueado comum. Mas também requer muita disciplina e responsabilidade. Para se tornar um franqueado pelo sistema FDA o investimento inicial varia entre R$130.573,00 e R$290 mil, conforme o potencial da região. O retorno do capital é estimado em até 24 meses, com faturamento bruto mensal de 40% dos royalties gerados por território, além de 30% da taxa de franquia obtida na venda das unidades.

“Não é obrigatório que o FDA tenha unidade própria. Mas recomendamos que ele tenha uma operação que possa servir como modelo para mostrar aos investidores interessados no negócio, bem como vivenciar o dia a dia da operação”, salienta o diretor. Para acelerar o processo de crescimento da rede, a Via Certa tem como meta conquistar ao menos dez FDAs até o final de 2021. Para isso, a estratégia de venda vem ocorrendo através de telemarketing e até mesmo pelo WhatsApp.

“Desde o início da pandemia conseguimos comercializar 12 operações. A procura por cursos profissionalizantes também aumentou em todas as unidades e cresceu em 50% o número de matrículas durante esse período de isolamento. Por isso, estamos muito confiantes nessa captação de FDA para os próximos meses”, afirma Shimada.
O executivo é específico sobre o perfil do profissional: “É necessário ter facilidade de relacionamento interpessoal; perfil de liderança; ter um excelente perfil comercial; conhecimento do território onde atuará, e que preferencialmente também resida no próprio território”, conclui o diretor.

A Via Certa está no mercado de franchising desde 2014 e hoje soma cerca de 40 unidades ativas. A rede oferece mais de 30 opções de cursos nas áreas de Administração e Negócios, Indústria e Energia, Informática, Línguas, Preparatório, Saúde, Beleza e Estética, com um sistema de ensino híbrido que mescla a disciplina entre aulas por uma plataforma on-line – em que apresenta uma série de lições e explicações, e com especialistas da área.

A novidade é que agora adotou o Sistema Flex, onde o aluno pode optar em fazer as aulas da plataforma 100% em casa ou onde estiver, ou na Unidade Via Certa, ou até mesmo uma parte on-line e outra parte na escola, tudo a livre escolha do aluno. “Vale salientar que mesmo aulas sendo 100% on-line, a Via Certa não abrirá mão do seu DNA que é suporte diário ao alunos através da equipe pedagógica com controle de presenças, avaliações, atividades práticas, etc., tudo para manter a qualidade dos cursos e alto nível de aprendizado”, salienta Shimada.

Fonte e mais informações: (https://viacertacursos.com.br/).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap