83 views 4 mins

Indústrias perdem 323 horas de produção por ano por falhas em equipamentos

em Destaques
quinta-feira, 28 de março de 2024

Uma pesquisa global da True Cost of Downtime, com 72 grandes multinacionais, divulgado pelo site Metso, mostrou que plantas industriais perdem, em média, 323 horas de produção por ano com as falhas de equipamentos. Um dos principais motivos dessa interrupção deve-se ao envelhecimento do equipamento (34%), seguido de falhas mecânicas (20%) e erro do operador (11%).

As paradas não programadas de maquinários causam prejuízos para as indústrias de todos os segmentos. Essas perdas geram atrasos nas entregas, o que pode ocasionar multas e má reputação da marca. Uma das soluções para evitar esse cenário nas indústrias automotivas, principalmente nesse momento de transformação digital no setor em indústria 4.0, é a implantação de painéis elétricos, capazes de prever possíveis falhas e gargalos no processo de produção.

Os quadros, desenvolvidos com alta tecnologia, coletam informações por meio de sensores wireless. Com monitoramento em tempo real, é possível detectar e evitar riscos antes mesmo que eles ocorram; e agir de maneira assertiva, sem que isso prejudique a produção industrial. Esse monitoramento é realizado nos maquinários de maneira fulltime, evitando paradas não programadas e perdas substâncias que possam comprometer os prazos.

“O sensor wireless e autoalinhado Easergy TH110, por exemplo, detecta pontos quentes ainda no estágio inicial, evitando a parada das máquinas de maneira brusca e sua inoperância. Isso permite cruzar informações e agir rapidamente em diferentes cenários para decisões rápidas e assertivas, com segurança”, disse Fábio Amaral, CEO da Engerey, empresa especializada na fabricação de painéis elétricos.

Um dos painéis montados pela empresa e adequado para indústrias é o de média tensão SM6 Connected. A tecnologia embutida nos quadros permite monitoramento 24 horas por dia dos equipamentos. As informações são visualizadas via computador ou smartphone, então podem ser acompanhadas de qualquer lugar, o que reduz riscos de equipamentos e de pessoal, além de auxiliar na tomada de decisão mais assertiva entre as empresas.

“O monitoramento é essencial para mitigar riscos de paradas inesperadas nas máquinas. Quando a indústria não consegue fazer sua entrega no prazo, toda a cadeia produtiva é prejudicada, correndo-se o risco de perder cliente e alterar-se a imagem da empresa. Com o SM6 o estabelecimento tem equipamento confiável, de qualidade e dentro das normas legais”, completou o CEO.

Outra vantagem é a segurança. Isso porque esses equipamentos são projetados com sistemas de proteção altamente eficientes que agem evitando as sobrecargas, curtos-circuitos, choques elétricos e outros eventos. Entre os benefícios destes painéis esta a modularidade. Caso haja uma reorganização das linhas de produção ou a adição de equipamentos, os circuitos elétricos podem ser redirecionados; e os componentes, ajustados para se adequarem à nova configuração.

Isso permite uma adaptação fácil e rápida às mudanças operacionais. “Com a evolução da indústria automotiva e o crescimento das vendas de carros eletrificados, os painéis elétricos garantem mais economia e uma vantagem competitiva para as empresas do setor”, completou Fábio. – Fonte e outras informações: (www.engerey.com.br).