147 views 4 mins

Gestão financeira: os pilares de um gerenciamento estratégico

em Destaques
sexta-feira, 15 de setembro de 2023

Sem uma gestão organizada das finanças a empresa pode até crescer em faturamento, mas não representará o sucesso para os empresários

Sem uma boa gestão financeira, dificilmente um empresário irá alcançar o sucesso e encontrar o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal, conseguindo elevar os negócios e conquistar desejos e estabilidade. Para isso, é necessário contar com um planejamento bem elaborado, que servirá de bússola para a tomada de decisões.

Rica Mello, gestor de pessoas, palestrante e empreendedor em diversas áreas de atuação, compartilha a sua visão sobre uma boa gestão financeira. “O empresário precisa ter foco para reinvestir na empresa e manter-se fiel ao pró-labore estipulado. Esse é o primeiro passo para uma gestão financeira bem-feita”, revela.

Também é importante contar com orçamentos detalhados, que ajudem a prever desafios financeiros antes que se tornem problemas. “Isso permite ajustes proativos para otimizar o desempenho. O empresário deve estar pronto para quedas no faturamento e momentos de crise. Para os que estão começando agora, é essencial contar com um bom período para que os retornos realmente comecem a chegar”, lembra Rica.

Gerenciar os custos é uma habilidade valiosa que separa os líderes de sucesso do restante. Empreendedores experientes entendem que controlar custos não significa cortar indiscriminadamente, mas sim identificar e eliminar desperdícios enquanto preservam a qualidade e a eficiência. “O controle de custos eficaz mantém a empresa enxuta e competitiva”, pontua.

Outro ponto primordial para uma boa gestão é o fluxo de caixa, considerado o oxigênio financeiro de uma empresa. Uma gestão eficiente do fluxo de caixa envolve equilibrar as entradas e saídas de dinheiro, antecipar necessidades futuras e garantir que haja capital disponível quando necessário. “Sem um fluxo de caixa feito com atenção e disciplina, a probabilidade de se perder entre despesas e pagamentos aos fornecedores é muito grande. Pequenos detalhes podem gerar grandes prejuízos para os empreendedores, como oportunidades de crédito não aproveitadas”, ressalta o empresário.

Para Rica Mello, tomar decisões de investimentos informadas é essencial para o crescimento sustentável. “Avaliar cuidadosamente os projetos considerando os riscos, retornos esperados e prazos é fundamental. Essa análise crítica ajuda a direcionar os recursos para as aplicações que gerarão maior valor no longo prazo. Para isso, vale manter-se constantemente atualizado e participar de grupos que trocam informações nesse sentido”, declara.

Relatórios precisos e transparentes são a linguagem nativa da gestão financeira, oferecendo uma visão clara do desempenho monetário da empresa e servindo como base para tomadas de decisão conscientes. “Empreendedores de sucesso reconhecem que a comunicação eficaz dos resultados financeiros é essencial para atrair investidores e manter a confiança dos stakeholders. Relatórios precisos dão a confiança necessária para obter investimentos capazes de alavancar os negócios, além de direcionar decisões realistas e maduras”, relata o especialista.

Por fim, Rica Mello ressalta que a gestão financeira estratégica não é apenas um requisito, mas uma vantagem competitiva. “Empresas que dominam esses pilares têm maior resiliência, capacidade de adaptação e potencial de crescimento”, conclui.