Evento híbrido: 5 vantagens para investir no modelo que une público físico e online

O ano de 2020 foi desafiador para todos os setores, mas especialmente para o mercado de eventos. A Associação Brasileira dos Promotores de Evento (Abrape) estima que mais de 840 mil pessoas do segmento perderam seus empregos. Em contrapartida, o mercado de eventos online cresceu 400% no último ano, segundo a Associação Brasileira de Eventos (Abrafesta).

Agora, com a retomada dos negócios e o retorno dos eventos em algumas regiões, o evento híbrido pode ser a grande aposta do setor. Para Leandro Reinaux, CEO da Even3, startup que simplifica a organização de eventos online e viu sua demanda crescer 300% no último ano, o formato virtual pode apresentar grande adesão de marcas e empresas e se consolidar no mundo corporativo.

“Acreditamos que algumas tendências desse mercado continuarão se firmando em vários cenários, mesmo após a finalização da vacinação em massa. É o caso dos modelos híbridos, que combinam atividades presenciais para um público reduzido com as transmissões online ao vivo, para milhares de pessoas”, afirma.

Segundo uma pesquisa da Endless Events, antes da pandemia 70% das empresas nunca tinham planejado eventos no formato híbrido, mas com a volta dos eventos presenciais, ele será visto como uma opção vantajosa.

”Os eventos online também tiveram um ótimo feedback, portanto, nada melhor do que mesclar os dois formatos, e, fazer um evento com segurança e comodidade para o público”, destaca o CEO da Even3. Contudo, Leandro ressalta que preparar um evento híbrido exige infraestrutura por trás, com um planejamento estratégico direcionado ao público-alvo e ao conteúdo abordado. “É preciso tanto ter um espaço físico para o local do evento, quanto uma plataforma segura para quem estará acompanhando virtualmente”.

Com base em um estudo recente da Even3, que buscou avaliar as tendências e comportamentos do mercado de eventos online, o especialista preparou uma lista com as 5 principais vantagens e oportunidades que podem ser aproveitadas no formato híbrido:

  1. – Alcance e público-alvo – Para um evento tipicamente presencial, a estratégia de atração gira em torno de fazer com que os participantes viajem e participem do evento. Porém, quando não existe limite físico, as possibilidades de alcance crescem muito, já que o organizador poderá atender um novo público que antes não conseguiria participar por conta da locomoção.

Além disso, é possível contar com palestrantes renomados que estejam em outros estados, ou até mesmo países, sem o custo de trazê-los, já que participam de forma online. E para quem preferir, ainda há a opção de participar presencialmente. Ou seja, vantagens tanto para os organizadores/empresas, como para convidados/público.

  1. – Oportunidades de patrocínio – De acordo com pesquisa realizada pela AIM Group International, 80% dos patrocinadores corporativos têm interesse em investir em eventos virtuais porque precisam de interação com o público. Visto que esse tipo de formato possibilita o contato com um número maior de participantes, isso aumenta também o interesse de patrocinadores, que buscam um público qualificado.

Inclusive, vale ressaltar a importância de contratar uma empresa especializada no assunto para criar estratégias que chamem a atenção desses patrocinadores, como stands virtuais, por exemplo.

  1. – Acesso ao conteúdo – No que se refere ao conteúdo, o evento híbrido funciona como nos eventos 100% online, ou seja, o conteúdo pode ficar disponível para os participantes mesmo depois da finalização do evento. Além disso, os organizadores podem aumentar ainda mais o engajamento e visibilidade, vendendo esse conteúdo para quem não participou, mesmo após passar algum tempo.
  2. Custo-benefício – Geralmente os eventos híbridos são mais vantajosos financeiramente do que os eventos presenciais. Afinal, apesar da necessidade de espaço físico, existe uma diminuição no custo de locomoção de palestrantes, por exemplo. Além disso, conforme citado anteriormente, por ter um alcance maior de público, o evento híbrido acaba entregando um grande valor, que impacta no custo do ingresso.
  3. Sustentabilidade – Com as tecnologias disponíveis, os organizadores podem sempre optar por recorrer ao online na produção dos materiais do evento, evitando ao máximo o uso de papéis. Além disso, em comparação com os eventos presenciais, há menos viagens, comidas e desperdício gerado. – Fonte e outras informações: (www.even3.com.br).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap