Especialista em Marketing dá dicas de como impulsionar negócios B2B

Não é de hoje que falamos sobre a importância do Marketing para as indústrias, quando pensamos em estratégias para falar de Marketing e ignorar que a maior parte da população digital está na internet é algo indispensável. O Marketing Digital para Indústrias é atualmente umas das principais fontes das atividades de negócios que influenciam o crescimento e a receita de várias maneiras, seja no câmbio dos serviços e produtos e contribuição constante de relacionamento, identificação e difusão das empresas.

O CEO e principal estrategista da Triwi Marketing Digital, Ricardo Martins, destaca que é evidente o uso de canais digitais, a internet como ferramenta para se posicionar digitalmente casado com ferramentas tradicionais de Marketing é a receita essencial para gerar valor, posicionar e comunicar. “O que o Marketing Digital dispõe às empresas é a capacidade de controlar e democratizar exponencialmente, alinhando de forma personalizada suas campanhas, orçamentos, e seus objetivos em tempo real’, pontua.

Observando o mercado é possível constatar que pouquíssimas empresas têm um site, que hoje é o cartão de visitas de uma empresa. “Quando me refiro a site, há uma deficiência real, em questões que muitas empresas não se atentam, e que são simples de solucionar, como apostar em indicadores de localização para o potencial cliente me identificar geograficamente, um telefone ou celular que possa contactar de maneira fácil e rápida, tudo isso precisa estar fácil dentro do site não apenas questões como visão e valores que vemos com mais frequência por aí”, destaca.

  • Posicionamento, conexão e comunicação – Com todo o cenário atual que temos hoje, as pessoas estão cada vez mais conectadas e mesmo no contexto B2B, é extremamente importante considerar que empresas vendem para outras empresas para a conexão a transação se dá de pessoa para pessoa e o direcionamento da comunicação é construída unicamente com o relacionamento.

Diante dessa premissa, outras constatações nos levam a embasar o entendimento do Marketing Digital para indústrias, observando o comportamento de compra das mesmas. Em levantamento feito pela Forbes, aponta que cerca de 90% dos executivos usam smartphones no dia a dia, incorporando o uso deles exclusivamente para execução de tarefas e tomadas de decisões, no próprio dispositivo móvel.

Na prática isso nos mostra o caminho a seguir, com executivos e pessoas que têm o poder de decisão, 100% conectados, estar conectado e bem posicionado é uma oportunidade clara de aparecer, interagir e se relacionar a partir desses dispositivos.

No mesmo cenário, a mesma pesquisa mostra que cerca de 50% das consultas no contexto B2B, ou seja de produtos ou serviços, é feita por dispositivos móveis também. Considerando o que foi pontuado acima, pensar e construir sites que atendam ao funcionamento pleno também nos dispositivos é outra tarefa indispensável nos dias atuais.

  • Marketing Digital para Indústrias: Princípio da Atração – O Marketing Digital Industrial oferece um escopo vibrante para as indústrias em termos de obtenção de leads mais qualificados e acionáveis, com alta probabilidade de conversão. As empresas podem optar por várias estratégias em uma ampla gama de canais, como LinkedIn, E-Mail Marketing, Pesquisa Orgânica, PPC, Marketing de Conteúdo, etc. para conquistar clientes influentes de negócios em uma abordagem com diferentes escalas.

Atualmente, as estratégias de marketing baseadas em anúncios em diferentes canais e formas de abordagem também são bastante poderosas para atrair os consumidores certos no momento certo, o que também resulta em conversões mais rápidas de leads.

Ou seja, podemos ver que o marketing já não se limita mais ao boca a boca ou à extensa abordagem de rede. É possível identificar que concorrentes, compradores e vendedores buscam com mais critério marcas e negócios genuínos on-line através de vários modos da esfera digital.

  • Tráfego Orgânico: SEO e aspectos técnicos – O SEO é um elemento essencial para a classificação dos principais resultados nos mecanismos de pesquisa. O SEO na página garante que várias diretrizes e detalhes técnicos sejam seguidos, de acordo com as recomendações dos mecanismos de pesquisa para aumentar a visibilidade do site.

Ele inclui metatags, descrições, tags de título, otimização de conteúdo etc. que podem lhe proporcionar uma grande vantagem sobre seus concorrentes. É importante que cada página do site seja completamente otimizada para se obter os resultados desejados.

  • Conteúdo – É o principal braço do SEO. Um site com ótimo conteúdo, informativo e compreensível, pode fazer com que seu site seja exibido em posição privilegiada nos principais resultados de pesquisa. Isso também irá facilitar o entendimento do seu negócio pelos impactados em seu público alvo.

O Conteúdo bem feito diminui as taxas de rejeição e aumenta as chances de gerar leads em potencial. Você pode ainda criar um blog em seu site para obter ainda mais visibilidade do seu negócio nos mecanismos de busca. Vídeos, redes sociais, e mais recentemente podcasts formam um conglomerado de canais que dão base para que o conteúdo chegue em todos os ambientes possíveis e disponíveis.

  • Cases – Mostrar de forma aplicada que solução o seu produto ou serviço trouxe para clientes;
  • Estatísticas – Dados que validam e impulsionam o valor do seu produto ou serviço;
  • Notícias – Crie relacionamento com a mídia através de assessoria
  • Posts – Conteúdos para redes sociais e blogs/ sites.

Tipos de Conteúdo:

  • Tráfego pago: Anúncios Gráficos – Os anúncios gráficos são bastante influentes e assertivos em termos de apelo visual aos clientes-alvo. Essa pode ser uma estratégia eficaz de publicidade paga para gerar leads e clientes em potencial por meio de várias redes de anúncios gráficos. O Google oferece potencialmente vários canais, como anúncios do Gmail , do YouTube, da GDN etc., que podem influenciar de maneira abrangente a gerar conscientização sobre sua empresa.

Em pesquisa realizada em canais de indústrias que praticam Marketing Digital, pode-se observar que boa parte das empresas optam por anúncios gráficos para alcançar potenciais consumidores e, com maior probabilidade de conversão.

  • Automação – Os leads identificados como consumidores são direcionados para os revendedores que se encontram na mesma região. A equipe responsável pela parte comercial da indústria recebe os leads que representam oportunidades de vendas. Assim, ambos grupos de leads são abastecidos de conteúdo ainda mais específico, o que fará com que eles avancem no funil de vendas.

Esse processo também é muito útil quando a indústria participa ou promove eventos do seu setor. Neste caso, o profissional de Marketing pode criar uma Landing Page e iniciar uma nutrição do público participante com conteúdos específicos, isto é, com o que será apresentado nos eventos ou até mesmo conteúdos noticiosos, mas que indiretamente vendem os serviços. – Fonte e outras informações, acesse: (https://triwi.com.br/).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap