Entidades do comércio contra proposta do governo

Representantes de diversas entidades ligadas ao comércio e à prestação de serviços do Brasil se encontraram ontem (25), para se posicionar contra a proposta do governo federal de unificar o PIS e o Cofins.

Ao todo, 19 organizações assinaram um documento de repúdio à medida que será enviado aos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, com cópia para todos os parlamentares.
Em seminário realizado na Associação Comercial de São Paulo (ACSP), as entidades argumentaram que a proposta pode gerar aumento de 3% no preço final dos produtos ao consumidor e elevar a carga tributária para 37% do PIB. Os participantes do encontro assistiram a uma palestra do tributarista Gilberto Luiz do Amaral, presidente do Conselho Superior do IBPT. Ele disse aos convidados que o governo peca ao pensar em aumentar a arrecadação. “Vemos governos atrás de governos utilizando subterfúgios e apresentando propostas de que essas medidas vêm para simplificar”, criticou (AE).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap