199 views 6 mins

Como a inteligência geográfica potencializa os negócios

em Destaques
terça-feira, 29 de agosto de 2023

João Tavares (*)

A inteligência geográfica está no centro de nossas interações e ações do dia a dia. Essa afirmação pode parecer exagerada, mas é fato que grande parte do que acontece no nosso cotidiano é dependente dessa tecnologia. Por exemplo, quando utilizamos aplicativos de navegação para traçar rotas ou encontrar estabelecimentos de interesse, estamos aproveitando os recursos de geolocalização. Ele também é utilizado em serviços de entrega, rastreamento de encomendas, aplicativos de transporte, previsão do tempo, monitoramento de tráfego e até mesmo em redes sociais. Essa tecnologia se tornou uma parte essencial de nossas vidas, facilitando o nosso dia e tornando nossa interatividade com o mundo mais eficiente e conveniente.

No entanto, esta tecnologia que utiliza dados de localização presentes no nosso dia a dia e os associa a elementos que fazem parte do nosso ambiente, pode ser ainda mais benéfica quando falamos de negócios. O uso desta inteligência tem se mostrado cada vez mais crucial na transformação de diversos setores e na promoção de tomadas de decisões mais estratégicas. Suas funcionalidades permitem a análise de dados espaciais e a integração de informações georreferenciadas, fornecendo insights valiosos para empresas.

Inúmeros são os setores que podem se beneficiar da inovação. Para o segmento de utilities, por exemplo, a inteligência geográfica pode desempenhar um papel fundamental na administração eficiente de redes complexas de energia, água e gás. Com a tecnologia, as empresas conseguem mapear e monitorar de forma precisa a localização de ativos, identificar e solucionar com rapidez potenciais problemas – como vazamentos ou falhas -, e otimizar a manutenção preventiva, levando mais segurança para operações de alta criticidade. Além disso, é possível ter acesso à visualização em tempo real das redes, favorecendo a identificação de regiões com demandas crescentes para auxiliar na expansão e melhoria da infraestrutura e, por consequência, dos serviços prestados à população.

No mundo das telecomunicações, a inteligência geográfica é indispensável para o desenvolvimento e o gerenciamento de redes de comunicação. Operadoras e pequenos provedores de internet (ISPs) podem realizar análises precisas da cobertura de sinal, identificar áreas de baixa qualidade de serviço, analisar pontos de saturação e efetuar medidas para melhorar a conectividade ao direcionar recursos para áreas com maior necessidade. Com isso, conseguem oferecer uma experiência aprimorada ao cliente, que está cada vez mais conectado e exigente, por meio de uma conexão mais estável e rápida. A tecnologia ainda viabiliza encontrar locais de rupturas e necessidade de fusões de fibras para uma manutenção mais ágil e eficiente.

A tecnologia também oferece benefícios significativos na administração das cidades, tornando projetos de urbanismo mais inteligentes. É possível realizar o mapeamento de ruas, bairros, equipamentos e parâmetros urbanos, obtendo uma visão abrangente e detalhada do território, o que é de extrema importância especialmente considerando o desenvolvimento acelerado dos municípios. Isso propicia decisões mais focadas, inclusive no desenvolvimento de infraestruturas, na melhoria do transporte público e na definição de áreas para projetos habitacionais. A inteligência geográfica também é capaz de apoiar na identificação de áreas de risco, no gerenciamento de recursos naturais, na e na resposta a emergências. Uma das principais vantagens da inteligência geográfica é a capacidade de integrar diferentes fontes de dados, como imagens de satélite, mapas digitais e informações coletadas em campo.

Isso possibilita encontrar padrões, tendências e relações espaciais, fornecendo uma base sólida para decisões assertivas. Com a crescente adoção de tecnologias como o 5G e a Internet das Coisas (IoT) e o grande volume de dados que geram, o georreferenciamento se torna ainda mais relevante, pois será cada vez mais fácil ter um aproveitamento efetivo e completo dessas informações para aprimorar os processos operacionais nos negócios.

A inteligência geográfica é capaz de transformar diversos setores da economia. À medida que avançamos rumo a uma sociedade ainda mais conectada e orientada por dados, a inovação se consolida como uma ferramenta indispensável para impulsionar a eficiência e o desenvolvimento sustentável em diversas áreas. Empresas e gestões públicas que buscam maneiras de otimizar recursos, reduzir custos, aumentar a produtividade e melhorar a qualidade dos serviços oferecidos devem usar esta tecnologia como um verdadeiro aliado. Aqueles que investirem na implementação e no uso efetivo da inteligência geográfica estarão melhor preparados para enfrentar os desafios atuais e aproveitar as oportunidades futuras, potencializando resultados e alcançando um novo patamar de sucesso.

(*) É Delivery Manager da SQUADRA.