Comissão do impeachment ouvirá acusação e defesa

O senador Raimundo Lira (PMDB-PB), apresentou a previsão do calendário que deve ser adotado pela comissão especial do impeachment no Senado. Hoje (26), a comissão especial se reune para a eleição do presidente e do relator.

Como senador mais velho da comissão, ele mesmo vai dar início aos trabalhos, mas depois terá que passar para o segundo mais idoso, enquanto é feita a eleição para o cargo de presidente, para o qual ele foi indicado.
Raimundo Lira confirmou que Antonio Anastasia (PSDB-MG) deverá ser o relator da comissão, mas admitiu que aliados ao governo poderão apresentar outro nome se quiseram, a decisão será do plenário do colegiado. Adiantou também que nesta semana os advogados que apresentaram o pedido de impeachment – Hélio Bicudo, Janaína Paschoal e Miguel Reale Júnior – serão ouvidos pelos senadores. No dia seguinte, será a vez do ministro da Advocacia- Geral da União, José Eduardo Cardozo, fazer a defesa de Dilma.
A expectativa é de que o relatório sobre a admissibilidade do processo no Senado seja apresentado na comissão no dia 8 de maio. Haverá prazo de 24 horas para vista dos senadores, antes da votação no dia 9 de maio (ABr).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap