Fundação Coopercitrus Credicitrus inaugura prédio educacional da Fatec do Agro

Aulas de Agricultura de Precisão têm início em 2 de agosto, consolidando a Fundação como um polo de capacitação profissional para o agronegócio.

  • Save
A Fundação Coopercitrus Credicitrus, com sede em Bebedouro/SP, inaugurou, na tarde da última segunda-feira (26), seu moderno prédio educacional, com capacidade para 600 alunos, projetado para ser um polo regional de formação profissional para o agronegócio. Foto: AI/Fundação Coopercitrus Credicitrus

A cerimônia de inauguração contou com a presença do vice-governador Rodrigo Garcia, do secretário de Agricultura e Abastecimento, Itamar Borges, da Secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen Silva, de autoridades municipais, além da diretoria das cooperativas mantenedoras Coopercitrus e Credicitrus. Também participaram os líderes das empresas parceiras que investiram na construção do projeto. O evento teve transmissão ao vivo pelas mídias da Coopercitrus.

O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, comemorou o êxito da parceria público-privada: “Quando queremos colher uma nova geração, investimos em educação. A Fatec de Agricultura de Precisão une as forças do poder público e, principalmente, da iniciativa privada, responsável pela geração de empregos e que precisa de pessoas capacitadas”.

O presidente do Conselho de Administração da Coopercitrus, José Vicente da Silva, reafirmou o compromisso da cooperativa com o desenvolvimento social: “Com essa estrutura, os alunos poderão aprender, em um só lugar, a teoria e a prática sobre um grande número de culturas, formando mão-de-obra especializada para atuar no campo. Com isso, a Fundação Coopercitrus Credicitrus se torna um polo regional de desenvolvimento do agro em educação, pesquisa e meio ambiente”.

O presidente do Conselho de Administração da Credicitrus, Marcos Santin, salientou a essência cooperativista presente na proposta educacional: “Presenciamos um momento histórico que mostra, acima de tudo, a força e a alma do cooperativismo. Através de nossos princípios, mostramos como a educação, a intercooperação e o interesse pela comunidade se transformam em uma fonte de aprendizado e conhecimento para toda a sociedade”.

Em sua fala, o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Itamar Borges, afirmou: “Ver a extensão da nossa Etec e da Fatec em Bebedouro mostra avanços fantásticos da nossa educação. A realização desse projeto tem o apoio do governo, mas também tem o trabalho da Fundação Coopercitrus Credicitrus e de todas as marcas que subsidiaram esse prédio”.

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado, Patrícia Ellen, conta que a inauguração é a realização de um sonho: “Esse projeto representa muito mais do que ter um funcionário produtivo no campo. É proporcionar oportunidades de emprego para a população no momento que a gente mais precisa disso. Muito mais do que cursos, estamos implantando um novo modelo econômico para o nosso país e que vai melhorar a vida de muita gente”.

O prefeito de Bebedouro, Lucas Seren, enfatiza como é importante investir na Educação: “A Fatec do Agro se tornará mais uma referência nacional em educação para o nosso país”.

O vice-presidente do conselho de administração da Coopercitrus, Matheus Marino, comentou que esse projeto faz parte da estratégia de ESG (Ambiental, Social e de Governança) das cooperativas. “Esse é um retorno que as cooperativas estão dando para as comunidades e uma relação ganha-ganha. Abrimos oportunidades para a sociedade se qualificar e atender o agronegócio, que demanda mão de obra qualificada em função da evolução das tecnologias agropecuárias. Nós entendemos que profissionais qualificados conseguem extrair mais do potencial das máquinas, implementos, insumos, sementes e fertilizantes e com isso nós aumentamos o resultado da agropecuária no campo”.

Sobre o prédio educacional
O bloco educacional da Fundação Coopercitrus Credicitrus tem capacidade para 600 alunos e se destaca pelo projeto arquitetônico inovador. São mais de 1.500 m² de área construída, 10 salas de aulas com estruturas inteligentes que propiciam a integração entre alunos e professores, moderno laboratório de informática e biblioteca. Além das estruturas físicas, o projeto conta com área de campos experimentais, laboratório de folhas e solo, e viveiro de mudas para atender os projetos de recuperação ambiental

Com investimentos da ordem de R$ 5 milhões, o projeto foi custeado pelas cooperativas mantenedoras Coopercitrus e Credicitrus, em parceria com as empresas Yara, Ihara, UPL, Stoller, Mosaic, Syngenta, Basf, Bayer, FMC, Adama, Corr Plastik, Stihl, New Holland, Netafim/Amanco, Thebe, Coperfam, Tatu Marchesan, Jacto, Piccin, DMB e Valtra.

O prédio irá acolher dois cursos descentralizados no Centro Paula Souza, o Superior em Big Data no Agronegócio da Fatec e o Técnico em Agronegócio da Etec, que serão realizados em período noturno, de maneira gratuita com direito a transporte e alimentação para os alunos. Durante o dia, o espaço receberá treinamentos, cursos e palestras para produtores rurais e profissionais que atuam no setor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

0 Shares
Share via
Copy link
Powered by Social Snap