58 views 3 mins

Rumo à Agricultura do Futuro

em Agronegócio
terça-feira, 16 de abril de 2024

O Conselho Gestor do AgNest, inovador modelo de gestão composto por representantes da Embrapa, Jacto, Bayer e Banco do Brasil, anunciou sua escolha da Impactability como Gestor Operacional do seu hub de inovação e farm lab. A decisão, alinhada com o Edital de Oferta Tecnológica 01/2023, marca um importante passo rumo à concretização dos objetivos do AgNest. Durante a recente reunião, realizada em 11 de abril, os membros discutiram e delinearam o Plano de Trabalho para 2024, categorias de benefícios para os parceiros associados, critérios para a seleção de startups, bem como estratégias de marketing e comunicação. Segundo Janaina Tanure, chefe-adjunta de Transferência de Tecnologia e Inovação da Embrapa Meio Ambiente, a reunião foi aguardada com grande expectativa desde o início da atuação do Conselho Gestor em 2022.

Uma das principais iniciativas discutidas foi a criação do selo AgNest, que valida inovações de agtechs para uma agricultura rentável, de alta produtividade e sustentável. Além disso, durante a reunião, foi discutido o potencial do AgNest como um centro de soluções tecnológicas não somente para o Brasil mas também para o mundo sendo referência em Agricultura Tropical, inserido no Ecossistema de Inovação e Empreendedorismo em Campinas, facilitando sua colaboração com uma grande gama de universidades, institutos de ciência e tecnologia, empresas e empreendedores.

Uma das principais iniciativas discutidas foi a criação do selo AgNest, que valida inovações de agtechs para uma agricultura rentável, de alta produtividade e sustentável.

Glaico Gundim, CEO da Impactability, expressou entusiasmo em implementar os planos delineados pelo Conselho Gestor, transformando o AgNest em um importante centro de soluções tecnológicas também para a agricultura regenerativa no Brasil e no mundo. Com o auxílio de João Casagrande, Head Agro da Impactability, será possível integrar as oito verticais temáticas. Com foco em áreas como inteligência artificial, IoT, robótica e automação, a AgNest oferece um ambiente propício para experimentação e testes em diversas áreas da agricultura, como otimização de cultivos, monitoramento de pragas e doenças, e gestão sustentável de recursos naturais.

Este tipo de ambiente se torna conhecido como um laboratório vivo, tendo como objetivos fomentar startups, promover a inovação aberta, estimular o empreendedorismo no setor agrícola, combinar conhecimento científico com empreendedorismo, promover a agricultura digital e garantir a conectividade e sustentabilidade em todas as suas ações, alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs). Com a parceria estabelecida, o AgNest está mais próximo de alcançar suas metas ambiciosas e revolucionar o setor agrícola para um futuro mais sustentável e eficiente.