269 views 2 mins

Chegada de mixes de plantas de cobertura

em Agronegócio
sexta-feira, 13 de outubro de 2023

O uso de misturas de sementes de leguminosas, capins e outras gramíneas para gerar cobertura de mais qualidade após a colheita não é novidade no sistema de plantio direto. De anos para cá, entretanto, pesquisas têm embasado a busca por forragens mais eficientes, diante do conceito de agricultura regenerativa, que foca a produção enquanto recupera a terra e preserva o meio-ambiente.

Essa procura por forragens mais ricas, com mais capacidade de ciclagem de nutrientes e maior volume de palhada, ganhou impulso com a publicação da portaria nº 538 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, no final de 2022.

Até então, o registro dos mixes industriais, que inclui por exemplo sementes de brachiarias e leguminosas, estava vinculado à realização de estudos individuais sobre cada proporção de misturas que, uma vez registradas, só poderiam ser alteradas diante de novos estudos. Com isso, a prática da mistura das sementes nas fazendas se tornou a mais comum.

“Agora, após a portaria de 2022, pode-se registrar qualquer porcentagem de composição, desde que esteja tudo detalhado no rótulo do produto e que as cultivares estejam devidamente registradas no MAPA”, esclarece Tiago Penha Pontes, engenheiro agrônomo e responsável técnico da Wolf Sementes.

“Isso acelerou o lançamento de mais produtos e até mesmo a adequação de misturas conforme as necessidades e preferências agronômicas de cada região e até mesmo de cada produtor”, explica Pontes.
“Se o produtor já possui fórmula de forragem de sua preferência, podemos ajudar com nosso conhecimento e nossa tecnologia somados à qualidade de nossas sementes”, destaca Alex Wolf, CEO da empresa.

Já Adriano Santin, gerente comercial de sementes da Agrex do Brasil, braço de agronegócios da Mitsubishi Corporation, distribuidora dos produtos Wolf Sementes, estima que as vendas dos mixes de cobertura da Wolf Sementes nas cerca de 23 lojas da empresa podem triplicar em comparação com a safra passada.