60 views 6 mins

Via Motors Digital

em Via Digital Motors
quarta-feira, 29 de maio de 2024

Lucia Camargo Nunes (*)

EX30 pode representar nova fase da Volvo no Brasil

Volvo EX30 design. Foto: Volvo

Desde setembro, quando abriu a pré-venda, a Volvo contabilizou a comercialização de 2 mil unidades do novo elétrico EX30, o que já serviu para entender o perfil desses consumidores. Eles têm entre 18 e 44 anos, com maior concentração dos 35 anos, e 50% adquirem pela primeira vez um veículo elétrico. Outro dado interessante: 87% são novos clientes para a marca de origem sueca.

O EX30 é produzido na China e tem motor de 272 cv de potência e 35 kgfm de torque imediato. O elétrico começa a chegar agora às concessionárias em quatro versões: Core (R$ 229.950), Core com bateria maior a R$ 249.950, Plus (R$ 277.950) e Ultra (R$ 293.950).

A bateria de 51 kWh é capaz de levar o SUV compacto a 250 km de alcance, enquanto as demais versões, com bateria de 69 kWh, garante autonomia de 338 km (segundo medições do Inmetro).

Além do custo-benefício, o EX30 é baseado no pilar da sustentabilidade: 95% de seus materiais podem ser reaproveitados. Os tapetes em carvão são produzidos a partir de garrafas PET, 17% do aço e plástico em sua construção são renováveis e 25% do alumínio empregados no carro são reciclados. Cerca de 30% dos plásticos nos para-choques também é reaproveitado, por isso spoilers e molduras não são pintados para ajudar na reciclagem. Os bancos, conforme a versão, são feitos de poliéster 70% reciclado.

A condução do EX30 requer mudanças de paradigmas. O interior leva o minimalismo ao extremo, já que o carro possui poucas teclas e nem sequer tem quadro de instrumentos. Tudo fica concentrado na grande tela do sistema multimídia de 12,3 polegadas. No lugar da chave, um cartão com sistema NFC é utilizado para abrir e fechar o veículo.

A Volvo afirma que o carro tornou-se um grande celular e ficou “smartificado”: duvida? Além dele ter internet nativa (vem com chip da Tim, grátis por 4 anos), as suas atualizações podem ser feitas de forma remota, “o carro vai ficando mais inteligente com o tempo”, dizem, e sugerem que a pessoa assista série ou filmes enquanto realiza a recarga (num eletroposto rápido de 26 a 28 minutos).

Os planos são ambiciosos: até o fim de 2024, a Volvo espera que o EX30 lhe ajude a dobrar as vendas no Brasil. O ano passado a importadora emplacou 8.300 unidades.

Nova versão complementa gama 2025 do Nissan Versa

Novo Nissan Versa SR. Foto: Nissan

Ao lançar a linha 2025 do Versa, a Nissan apresenta uma nova opção em seu portfólio: a SR. A proposta é entregar uma versão visualmente mais estilosa e com itens exclusivos.

Por fora, exibe grade escurecida, rodas de 16 polegadas, capas dos retrovisores na cor preta, aerofólio e as inscrições SR na grade e na tampa do bagageiro. 

E por dentro, o Versa SR traz outros diferenciais: revestimentos com costura dupla em laranja, acabamento em black piano no console e o volante com material sintético premium. O console central, volante, painel frontal e portas contam com detalhes em alumínio e as maçanetas internas têm cromados. E um material que imita fibra de carbono é encontrado nas portas e no painel de instrumentos.

A nova versão SR do Nissan Versa custa R$ 123.990. As demais receberam reajuste para a linha 2025: a Sense parte de R$ 110.590, a Advance R$ 117.990 e a Exclusive R$ 132.190.

GWM amplia oferta de híbridos H6

Novo Haval H6. Foto: GWM.

A GWM Brasil lança em junho mais uma versão de sua linha de híbridos já como 2025: o Haval H6 PHEV19, que traz tração dianteira e uma bateria de 19 kWh. Posicionado entre o H6 HEV2 e o H6 PHEV34, a novidade promete melhor custo-benefício.

Para isso, traz uma bateria menor e tração dianteira. A combinação do motor elétrico ao 1.5 turbo a gasolina gera 326 cv de potência e 54 kgfm de torque. A autonomia no sistema elétrico deve ser um pouco menor que os atuais 170 km.

Enquanto o H6 HEV2 rende 243 cv, o PHEV34 produz 393 cv. “Muitos clientes queriam um híbrido plug-in que trouxesse uma experiência de eletrificação acima do HEV2, mas não precisavam do desempenho impressionante do PHEV34. Por isso decidimos oferecer no Brasil mais uma versão”, disse Andre Leite, diretor de marketing e produto da GWM Brasil.

Preços da linha 2025 e os dados técnicos da nova versão serão informados por ocasião do lançamento.

(*) Economista e jornalista especializada no setor automotivo, editora do portal www.viadigital.com.br e do canal @viadigitalmotors no YouTube. Acesse: linktr.ee/viadigitalmotors E-mail: [email protected]