127 views 6 mins

Via Digital Motors

em Via Digital Motors
quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

Lucia Camargo Nunes (*)

Novo teto de carros PCD faz preços despencarem

Nova política para PCD da Nissan oferece oportunidades únicas no segmento

A redução de preços em massa de modelos de entrada de várias montadoras não é mera coincidência. Em tempos de estoques elevados, o novo limite de isenção para carros PCD caiu como uma luva para o setor para ajudar nas vendas.

Desde o primeiro dia útil do ano está em vigor o novo teto de R$ 120 mil para pessoas com deficiência, o que permite a isenção do IPI e o pagamento parcial do ICMS, ou seja, do que passar do limite de R$ 70 mil sobre o imposto estadual.

Com isso, várias marcas já anunciaram novas versões abaixo de R$ 120 mil e suas ofertas estendidas para esse público.

Além das isenções totais ou parciais, pessoas com deficiência ou seus tutores podem contar com descontos fornecidos pelas montadoras.

A Nissan, por exemplo, está com uma das ofertas mais vantajosas: o sedã compacto Versa Advance 1.6 CVT custa R$ 115.890 e cai para R$ 87.490 com as isenções.

Na lista dos mais em conta, a Citroën oferece o C3 Live Pack 1.6 de R$ 95.990 por R$ 74.633. O Peugeot 208 1.0 turbo CVT é reduzido de R$ 99.990 para R$ 77.689.

Entre os SUVs, o Nissan Kicks Active 1.6 CVT sai de R$ 114.990 por R$ 86.990. O Jeep Renegade 1.3 Turbo que teve seu preço rebaixado para R$ 118.290 para atender ao novo teto custará R$ 102.900 com as isenções. O Hyundai Creta Action 1.6 (desenho antigo) fica mais em conta: de R$ 116.990 por R$ 98.823.

Já os Volkswagen Nivus e T-Cross na versão 200 TSI Sense têm o mesmo preço, R$ 119.990. Com os benefícios ambos saem por R$ 100.700.

Produção de veículos patina em 2023

Producão de veículos – fotos Hyundai

A Anfavea divulgou o balanço da produção de veículos em 2023. Com 2,204 milhões de unidades, os veículos leves (automóveis e comerciais leves) cresceram 1,3% sobre 2022.

Já a produção de caminhões e ônibus caiu -37,5%, recuo causado principalmente pelos caminhões, que ficaram mais caros com a introdução do programa Proconve P8.

Na somatória de leves e pesados, a produção totalizou 2,325 milhões de autoveículos, volume que representou um leve recuo de -1,9% em 2023.

Para 2024, a entidade que representa as fabricantes projeta um aumento de 6,2% na produção dos autoveículos. “Temos motivos para acreditar num ano positivo, com a expectativa de crescimento do mercado interno e da produção”, afirmou o Márcio de Lima Leite, presidente da Anfavea.

Um a cada 3 carros exportados do Brasil vai para o México

Exportação de Kicks para a Argentina 2- foto Nissan

Com 32% dos embarques de veículos, o México passou a Argentina e tornou-se o país para o qual o Brasil mais exportou em 2023: 135.779 unidades. Esse volume foi 51% maior do que em 2022.

A crise no país vizinho fez as exportações caírem -16% na Argentina, com 114.576 unidades embarcadas no ano passado. A situação não deve melhorar diante das projeções do novo governo, que prevê queda do mercado interno. 

Além da Argentina, o Brasil enfrentou redução das compras pela Colômbia (-53%) e Chile (-57%).

Renault promove mudanças no Duster 2024

Renegade 2022 e 2024 – fotos Renault

Sem muito alarde, a Renault anunciou uma leve reestilização do Duster que começa a chegar às concessionárias. As maiores novidades ficam por conta de novos equipamentos, enquanto os motores 1.6 de 118 cv e 1.3 turbo de até 170 cv foram mantidos.

O SUV compacto passa a contar com 4 versões. Agora fazem parte do portfólio, a Intense Plus 1.6 manual (R$ 122.290), Intense Plus 1.6 CVT (R$ 131.190), Iconic Plus 1.6 CVT (R$ 139.890) e Iconic Plus 1.3 TCe CVT (R$ 153.890).

A linha 2024 incorpora de série novos faróis em LED, acompanhados da grade frontal renovada com acabamento em preto brilhante. Atrás, o Duster recebeu novas lanternas em LED – o antigo desenho em ‘X’, que lembrava as lanternas do Jeep Renegade mudaram, e agora exibem um ‘Y’.

Internamente, todas as versões trazem console elevado, substituindo o descansa braço, além de novo grafismo para o quadro de instrumentos e duas entradas USB adicionais traseiras, totalizando três do tipo C e uma do tipo A. Para a segurança, o SUV adota 6 airbags.

(*) Economista e jornalista especializada no setor automotivo, editora do portal www.viadigital.com.br e do canal @viadigitalmotors no YouTube. Acesse: linktr.ee/viadigitalmotors E-mail: [email protected]