218 views 57 secs

Queda no mercado mundial de tecnologia de consumo

em Tecnologia
quinta-feira, 31 de agosto de 2023

O mercado global de tecnologia eletrônica de consumo, aquela mais voltada ao usuário final, caiu 6,3% nos primeiros seis meses de 2023, gerando receitas da ordem de 390 bilhões de dólares. Para o ano de 2023 como um todo, acredita-se numa contração global de 3,4 %.

Vivaldo José Breternitz (*)

Essas informações foram tornadas públicas pela GfK, uma empresa alemã de pesquisas de mercado por ocasião da IFA 2023, a maior feira de tecnologia eletrônica de consumo do mundo, que acontece no início de setembro em Berlim.

Apesar da queda, a GfK disse que essas receitas ainda são superiores àquelas registradas antes da pandemia.

As vendas de alguns produtos cresceram, especialmente daqueles que se caracterizam pela eficiência energética, sustentabilidade, maior praticidade e flexibilidade ou que tragam recursos premium a preços acessíveis.

Em particular, no primeiro semestre do ano, as vendas de TV, áudio e similares caiu 12% e as de telefonia, 5%.

Os computadores e seus periféricos caíram 12%, os pequenos eletrodomésticos caíram 1% e os grandes eletrodomésticos, especialmente aparelhos de ar condicionado, caíram 5%, apesar dos recordes de temperatura observados no hemisfério norte.
Muito provavelmente, as quedas devem-se às preocupações dos compradores com a chegada de uma crise generalizada.

(*) Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, é professor da FASTEC SP, consultor e diretor do Fórum Brasileiro de Internet das Coisas.