128 views 2 mins

Microsoft bate recorde em Wall Street

em Tecnologia
sexta-feira, 25 de junho de 2021

Vivaldo José Breternitz (*)

A Microsoft vive momentos felizes na bolsa americana, tendo passado a valer mais de US$ 2 trilhões, abaixo apenas da Apple, que vale cerca de US$ 2,2 trilhões.

Além dessas big techs, apenas a petroleira saudita Aramco chegou a valer mais de 2 trilhões, mas por um curto período, estando agora no patamar de 1,9 trilhão.

Com alta de 19% desde o início do ano, as ações da Microsoft estão com desempenho melhor do que as da Apple e Amazon, graças às expectativas dos investidores de que a empresa terá um crescimento sustentado no longo prazo, em função da prestação de serviços para computação em nuvem. Demorou 33 anos para que Microsoft, desde que suas ações passaram a ser negociadas em Wall Street, chegar a US$ 1 trilhão, o que aconteceu em 2019.

Mas nos últimos dois anos, esse valor dobrou, o que analistas de mercado creditam à gestão de seu CEO Satya Nadella, que desde que assumiu o cargo em 2014, implantou profundas alterações na gestão da empresa, ao mesmo tempo que tem conseguido rechaçar os ataques de congressistas americanos, ao contrário do que acontece com Apple e Amazon, que estão sendo pressionadas por práticas anticompetitivas.

Diferentemente do que acontece com a empresa, o momento é difícil para Bill Gates, um de seus fundadores. Gates e sua esposa recentemente se separaram, em meio a rumores de seu envolvimento com uma funcionária e com Jeffrey Epstein, um financista acusado de tráfico de menores e que se suicidou na prisão.

Para felicidade dos acionistas, esses rumores não abalaram a Microsoft.

(*) – Doutor em Ciências pela USP, é professor da Faculdade de Computação e Informática da Universidade Presbiteriana Mackenzie.