182 views 2 mins

Eleições americanas: OpenAI bane desenvolvedor de chatbot

em Tecnologia
quarta-feira, 24 de janeiro de 2024

A empresa de inteligência artificial OpenAI, criadora do ChatGpt, baniu os desenvolvedores de um chatbot que se passava pelo pré-candidato à presidência dos Estados Unidos, Dean Phillips, do Partido Democrata.

Vivaldo José Breternitz (*)

O fato foi noticiado pelo jornal Washington Post e é a primeira ação da empresa em resposta ao uso indevido de suas ferramentas de inteligência artificial em campanhas eleitorais, o que a empresa proíbe.

O chatbot, chamado Dean.Bot, é um software que imitava a voz do candidato e podia conversar com os eleitores em tempo real via internet; tinha o objetivo de divulgar as propostas de Dean Philips. Logo no início da conversa, o software explicava ao eleitor que é uma ferramenta de inteligência artificial e não o verdadeiro Dean Phillips; também exigia que os eleitores se declarassem cientes disso e que pretendiam continuar a conversa.

O Dean.Bot foi criado pelos empresários do Vale do Silício Matt Krisiloff e Jed Somers, e foi desenvolvido com o uso do ChatGpt.

Neste momento, os visitantes do site que hospedava o Dean.Bot são informados que o chatbot está fora do ar em função de “dificuldades técnicas”, mas que Dean.Bot “segue fazendo a campanha”.

Fica a dúvida: será que neste ano de 2024, repleto de eleições ao redor do mundo, será possível controlar o uso dessas ferramentas?

(*) Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo, é professor da FATEC SP, consultor e diretor do Fórum Brasileiro de Internet das Coisas – [email protected].