73 views 15 secs

Kajuru: sociedade ‘ainda é’ racista e escravizadora

em Política
terça-feira, 19 de novembro de 2019

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) usou a tribuna do Plenário na terça-feira (19) para reverenciar o Dia Nacional da Consciência Negra. O parlamentar lamentou que a data ainda ponha em debate as formas para pôr fim a uma sociedade racista, preconceituosa e escravizadora mesmo após 131 anos da assinatura da Lei Áurea.

Kajuru afirmou que 58% da população brasileira é negra ou parda e, mesmo assim, o reflexo do período da escravidão ainda é muito patente. Para o senador, existe no país um “mito da democracia racial”, que é usado para disfarçar o racismo ainda muito presente, que exclui os afro-brasileiros da sociedade e os “relega a uma cidadania de segunda classe”.

“Joaquim Nabuco já dizia que não bastava acabar com a escravidão, também era necessário acabar com o seu legado, e isso jamais foi feito no Brasil”, lamentou o senador (Ag.Senado).