126 views 3 mins

Outubro Rosa: a importância do cuidado emocional

em Pessoa Física
sexta-feira, 21 de outubro de 2022

Mônica Schimenes (*)

Me perguntam muito se o câncer é uma doença emocional. O início do processo de tratamento do Câncer de Mama, que fui acometida em 2007, foi marcado pela culpa.
Naquele momento, entendia ser minha culpa o resultado do laudo médico. Em geral, o lado emocional é o primeiro a ser baqueado a partir de um diagnóstico tão difícil de receber, nesse ponto o auxílio médico, de amigos, da comunidade e da terapia são fundamentais.

É natural que a notícia de uma doença como o câncer traga um impacto emocional importante. Procurar ajuda psicológica é o primeiro passo. Como aprendemos na escola da vida, o ser humano é composto de uma tríade — corpo, mente e espírito. De uma certa forma, tudo o que acomete o físico tem sua repercussão no emocional e no espiritual. Nós temos uma visão romântica que pacientes diagnosticados com câncer terão suas vidas completamente afetadas, e a resposta é sim e não.

O jeito de olhar o mundo e a vontade de viver realmente mudou, mas por outro lado me fez refletir e entender o poder de nos habilitarmos em um agente de transformação na vida das outras pessoas. O recado é que cuidar das emoções é tão importante quanto cuidar do físico. O lado familiar também é diretamente afetado, assumindo um duplo papel: cuidadora e merecedora de cuidados. Ter por perto pessoas que amamos é uma forma de dividir a carga emocional que a doença traz.

No todo, falar sobre e compartilhar sua vivência é onde se encontra apoio, segurança e força. Nas redes sociais existem diversos grupos de pessoas que estão passando ou já passaram por esse processo. O apoio é fundamental para te dar força e entender que existe esperança e diversas oportunidades de tratamento. Poder conversar e compreender cada vez mais tudo o que está passando é muito importante para manter sua mente confiante para superar todas as etapas dessa luta.

Busque energia em você e no que está ao seu redor. Vá em busca acreditando que existem possibilidades de vencer e ficar bem. Toda doença é um sinal, um ponto de parada obrigatória que nos leva a refletir sobre a vida que estamos levando. Uma doença tão ameaçadora como o câncer pode levar a uma reflexão ainda mais profunda.
Por isso, busque conforto em quem você ama, na fé e na medicina. Há sempre um caminho e a jornada não pode parar.

(*) – É CEO e fundadora da MCM Brand Experience.