128 views 2 mins

Pequenos negócios utilizam cada vez mais canais digitais para vendas

em Negócios
quinta-feira, 08 de fevereiro de 2024

Os empreendedores, de forma geral, estão investindo cada vez mais nas estratégias digitais para alavancar negócios. O uso dos celulares virou hábito para os empreendedores e mais de 98% usam e acessam internet pelo aparelho.

Por conta do uso da tecnologia, WhatsApp, Instagram e Facebook são os principais meios digitais utilizados pelos pequenos negócios do Rio de Janeiro para vendas, além de 63% terem conta no Instagram, 40,6% no Facebook, 11,6% possuem site próprio, 4,9% no TikTok e 4,3% no LinkedIn.

É o que aponta pesquisa “Transformação Digital nos Pequenos Negócios” do Sebrae, com base nos dados da Pnad-C. Dentre os serviços oferecidos aos clientes pelas redes sociais, os empreendedores disponibilizam catálogo, preços e personalização de produtos ou serviços, espaço para reclamação ou sugestões e Fale Conosco.

Por conta disso, os canais digitais representam 38,6% das vendas para até 40% dos empreendedores, 20,4% entre 41% a 80% das vendas; 18,6% entre 81% a 100% e para 15,4% não representam diferença nas vendas dos seus produtos e serviços.

Em relação aos processos tecnológicos adotados nas empresas, a pesquisa abordou que 46,4% utilizam software de gestão; 29,7% utilizam ferramenta de gestão de clientes; 35,4% utilizam propagandas pagas pelas redes sociais; 53,2% utilizam WhatsApp for Business; 25,5% utilizam Google Meu Negócio; e 15,6% utilizam automação de processos.

“Os empreendedores possuem uma capacidade de se adaptar e adotar novas tecnologias. Essa estratégia acaba virando um diferencial competitivo e essas empresas passam a se destacar no mercado, sem limite de hora ou território. O uso adequado de ferramentas digitais trará resultados mensuráveis e com engajamento qualificado para a empresa.

A pesquisa indicou que 58% dos empreendedores realizaram alguma capacitação on-line. Para realização desses cursos os meios utilizados são o computador, celular, aplicativo de curso e WhatsApp ou Telegram”, destaca Raquel Abrantes, gerente de Inovação e Soluções do Sebrae Rio.